Silvinho defendeu o trabalho que vem sendo desempenhado pela comissão técnica de Micale no Paraná (Felipe Dalke/Banda B)

Pressionado pela primeira vitória no Brasileirão, que ainda não saiu após cinco rodadas da competição, o Paraná segue trabalhando para o duelo contra o Grêmio, no próximo domingo (20), no retorno à Vila Capanema após duas partidas fora de casa. Com as críticas começando a surgir ao trabalho do técnico Rogério Micale, o atacante Silvinho, autor do último gol da equipe no campeonato, defendeu o comandante e assumiu a responsabilidade dos jogadores pelo início ruim.

“A característica brasileira é culpar o treinador pela falta de rendimento. Mas a culpa é nossa, dos jogadores. O trabalho está sendo muito bem feito. É a primeira vez que estou tendo a oportunidade de trabalhar com ele [Rogério Micale] e não deixa a desejar em nada. Ele e a comissão entregam tudo desenhado para nós sobre o adversário. Eles não podem fazer mais nada. Temos que dar a cara a tapa. Os resultados não estão vindo por nossa culpa e temos que nos cobrar, pois é fácil culparem o treinador e o jogador ficar acomodado. Espero que isso não aconteça aqui”, disparou o atacante em entrevista coletiva.

Um dos destaques positivos deste início de competição, Silvinho vê a união do grupo e a cobrança interna como a melhor forma de reagir ao momento complicado. “A única maneira que temos que resolver é entre nós mesmos. No intervalo, a comissão técnica acerta o que tem que acertar e elogia o que tem que elogiar, mas cabe a nós conversarmos e ficarmos mais ligados. Infelizmente, aconteceu de novo. Fizemos um grande primeiro tempo e levamos um gol com um minuto. Isso complica muito, pois a nossa estratégia era segurar. Se a gente segurasse um pouco mais, provavelmente faríamos o gol antes deles”, disse.

Com duas derrotas em dois jogos em casa, o atacante paranista se sente incomodado em não retribuir o apoio do torcedor com resultados positivos e espera uma arrancada antes da Copa do Mundo para amenizar as críticas. “O sentimento é de muita tristeza por não ter vencido ainda em casa. Pela festa que a torcida vem fazendo, eles merecem. A projeção é somar o máximo de pontos possíveis antes da Copa. Não será fácil, sabemos das dificuldades, mas aqui ninguém duvida. Hoje é fácil ver pessoas influentes desrespeitando o nosso clube, falando que já estamos rebaixados. O trabalho vem sendo bem feito e só depende de nós a mudança. Temos que nos unir e nos cobrar mais. Tenho certeza que as vitórias vão começar a vir e que essas pessoas estejam erradas”, concluiu.

O Tricolor tem apenas um ponto somado e se encontra na lanterna da competição. O compromisso contra o Grêmio será neste domingo, às 16h, na Vila Capanema, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Confira a entrevista coletiva do atacante Silvinho: 

Silvinho fala em entrevista coletiva

Posted by Esporte Banda B on Tuesday, May 15, 2018