Rogério Micale enalteceu organização do adversário antes de confronto direto pelo estadual (Felipe Dalke/Banda B)

Com duas vitórias e um empate no segundo turno do estadual, o Paraná inicia neste domingo (18), diante do Foz do Iguaçu, uma sequência de dois confrontos diretos na briga pela classificação à semifinal da Taça Caio Júnior. Jogando fora de casa, o time pode garantir a presença de forma antecipada em caso de vitória e de um tropeço do Maringá, que também disputa a vaga e será o adversário do Tricolor na última rodada. Projetando essa série de dois jogos decisivos, o técnico Rogério Micale elogiou o primeiro adversário e prevê dificuldades, mas ressalta a boa preparação da equipe para o duelo.

“Eu acho que são jogos decisivos e que teremos confrontos diretos. O Foz é uma equipe que está muito bem organizada e jogando de uma forma leve. Eu acredito que será um jogo difícil, pelo momento que eles estão vivendo, mas a nossa equipe também está vivendo uma boa fase. Estamos nos preparando muito para esse jogo e esperamos muito equilíbrio pela importância que tem essa partida”, destacou Micale em entrevista à imprensa.

Com os retornos do meia João Paulo e do atacante Thiago Santos, liberados pelo departamento médico, a única mudança no time deverá ser no setor ofensivo, com o centroavante retomando a titularidade. Sem muitos mistérios e com a base mantida, Rogério Micale preferiu por não revelar o time completo para não dar armas ao adversário. “Ele [Negreiros, técnico do Foz] deve saber da minha equipe, pois eu não mudei muita coisa nos últimos jogos. O nosso time vem se portando bem, então não tenho motivos para fazer mudanças. A nossa ideia está muito clara. Agora, quando a gente tem a oportunidade de poder omitir circunstâncias que podem ajudar o nosso adversário, isso é normal e faz parte do jogo. A nossa ideia é a mesma e não terá grandes mudanças”, disse.

Uma posição acima do adversário, Rogério Micale quer o Tricolor pontuando fora de casa para buscar a classificação ou já deixá-la encaminhada para a última rodada, quando joga em casa, diante do Maringá. “O Foz hoje está um ponto atrás de nós e não precisamos perder o jogo lá. Temos que saber que o adversário precisa mais ainda da vitória do que de nós, então vamos procurar manter o equilíbrio, sabendo que temos na pior das hipóteses dois resultados que nos interessam. Se não der para ganhar, empata para decidir na última partida dentro da nossa casa”, concluiu.

O Paraná encara o Foz do Iguaçu neste domingo, às 16h, no Estádio do ABC, em Foz do Iguaçu, em compromisso válido pela quarta rodada da Taça Caio Júnior.

 

Confira a entrevista coletiva do técnico Rogério Micale:

Rogério Micale fala em entrevista coletiva

Posted by Esporte Banda B on Friday, March 16, 2018