Após a vitória sobre o Ceará, por 1 a 0, pela 13ª rodada da Série B do Brasileirão, o técnico do Paraná, Ricardinho, comentou sobre vários assuntos em sua entrevista coletiva.

Para o treinador, apesar do Tricolor não ter jogado tão bem, a vitória foi satisfatória. “Eu estou satisfeito pela vitória, nem sempre vamos conseguir fazer grandes jogos, mas o importante é vencer”, disse Ricardinho.

O diferencial para o Paraná neste sábado (28) foi um espírito vencedor. “Hoje eu vi um espírito para vencer que nós temos que levar para todos os jogos. Em todos os jogos nós temos aquela vontade mas as vezes não conseguimos vencer e por isso este espírito é importante”, garantiu o comandante Tricolor.

Ao ser questionado sobre o assunto do atraso salarial, Ricardinho fez questão de esclarecer. “O salário está atrasado. É uma situação que não deveria estar acontecendo, ainda mais em um momento como este do campeonato, mas esta é uma situação real. Não estou aqui para esconder nada de ninguém. Espero que isso possa ser resolvido o mais rápido possível”, admitiu.

Nesta semana, o treinador do Paraná descobriu que pode ser impedido de ser treinador, mas segundo Ricardinho, ele já havia conversado com o presidente do Conselho Regional de Educação Física (CREF) para saber como poderia legalizar a sua situação. “Todas as situações que o CREF me pediu para fazer para poder legalizar a minha situação, eu fiz. Inclusive, eu estou até matriculado na faculdade, estou fazendo, já terminei quatro matérias”, contou o treinador.

Estranhando a situação, Ricardinho irá contar com o advogado Domingo Moro para saber como deverá proceder. “Quem me deu as informações como proceder, foi o presidente do CREF, e por isso eu estou estranhando toda esta situação, mas ainda temos que esperar para ver o que vai acontecer”, finalizou.