Leonardo Oliveira conversou com torcedores após a partida. (Felipe Dalke/Banda B)

Os torcedores do Paraná reclamaram mais uma vez com a diretoria e os jogadores após o empate em 2 a 2 contra o Cianorte, no estádio Albino Turbay. O presidente Leonardo Oliveira sabe que o momento ainda é abaixo do esperado, mas pede paciência para a torcida.

“Conversamos com os torcedores que têm razão de estarem insatisfeitos com o momento que o time vive. Nós precisamos ter cabeça no lugar, início de segundo turno e precisamos valorizar o Campeonato Paranaense. Cianorte tem qualidade, não perde há três anos em casa, mas precisávamos mostrar mais do que mostramos. Deu para evolução na equipe, teve duas bolas para ‘matar o jogo’, mas já evoluímos em relação ao time que jogou o primeiro turno. Inscrições estão fechadas e esses jogadores podem dar mais”, declarou Leonardo Oliveira.

O técnico Rogério Micale afirmou que o grupo está trabalhando bastante para sair da situação incomoda e fez o mesmo pedido do presidente para que o torcedor apoie o time no clássico contra o Coritiba. “Nós queremos mais do que todo mundo ganhar. Vamos trabalhar muito para dar resposta que o nosso torcedor quer. Queremos coisas maiores e vamos lutar para isso”, comentou.

Já o goleiro Richard, que retornou de lesão após mais de dois meses, confia no poder de reação da equipe. “Eles estão no direito deles. Sabemos que precisamos melhorar e vamos conseguir. Queremos o apoio da torcida porque ficamos mais fortes na Capanema”, disse.

O Paraná volta aos gramados na próxima quarta-feira para enfrentar o rival Coritiba, às 21h45, na Vila Capanema. O Tricolor venceu apenas uma vez na temporada e tem ainda quatro empates e mais quatro derrotas.