O Paraná sofreu seu primeiro revés na temporada 2012, no quinto jogo do ano. Na noite desta quarta-feira, em uma Vila Capanema lotada de torcedores, o Tricolor perdeu para o Palmeiras por 2 a 1, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O jogo de volta será no dia 09 de maio, às 21h50, na Arena Barueri, e para avançar de fase, a equipe de Ricardinho terá que vencer o Porco por dois ou mais gols de diferença (por exemplo: 2 a 0, 3 a 1, 4 a 2, etc).

Palmeiras sai na frente, mas Tricolor conseguiu o empate

Com a forte marcação imposta pelo Palmeiras, o Paraná encontrou dificuldades no início da partida, mas aos poucos, cresceu em campo e o jogo foi se tornado equilibrado à medida que o tempo ia passando. A forte chuva que caía na Vila Capanema atrapalhava ambas as equipes, que criavam poucas jogadas de ataque, tornando o duelo truncado no meio-campo.

Até que, aos 21 minutos, Marcos Assunção cobrou falta com categoria e a bola morreu no canto esquerdo da meta tricolor: 1 a 0 Palmeiras. O Paraná, no entanto, não se abateu com o gol sofrido e foi em busca do empate. Aos 31, Luisinho acertou a trave adversária. O Tricolor estava bem em campo, e aos 38 minutos, Nilson bateu de primeira, Bruno deu rebote, que Luisinho aproveitou: 1 a 1.

Palmeiras cresce e dá trabalho ao Tricolor

O Palmeiras voltou melhor para a etapa final, dando trabalho para a zaga paranista em todo o restante do duelo. O Tricolor chegou a criar algumas jogadas de ataque – Packer até acertou o travessão adversário, mas o time paulista era superior em campo e armava as melhores oportunidades de gol. Tanto que, aos 32 minutos, Henrique Alemão cometeu pênalti claro em Patrik e Henrique bateu com força, sem chance para Thiago Rodrigues: 2 a 1 Palmeiras.