Divulgação/Paraná Clube

Xerifão da zaga tricolor fica à diposição do técnico para enfrentar o Guarani, em Campinas

O capitão e dono da zaga do Paraná Clube, Cris, já está à disposição do técnico Roberto Fonseca para a partida contra o Guarani, nesta terça-feira (16), às 19h30, e quer voltar por cima. Nas três partidas em que o zagueiro desfalcou a equipe, o time sofreu quatro gols, um do São Caetano e três do Barueri.

“Minha motivação é como se fosse uma estreia com a camisa do Paraná. Estava ansioso e espero dar continuidade no meu trabalho”, afirmou Cris, que foi condenado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJD) a duas partidas de suspensão.Longe do time titular, o zagueiro afirma que não voltar ao grupo já na próxima partida não é problema.

“Se eu não vier a jogar, não é o fim do mundo. Óbvio que quero atuar, mas o respeito sempre foi pregado aqui e o professor sabe o que é melhor para o grupo”, apontou, confiante de que a vitória na última rodada e a manutenção do G4 são de suma importância para a sequência do campeonato.“É o que vem fazendo a diferença no nosso grupo. A raça e a união. Todos estão cientes que, para termos sucesso, é preciso brigar por todas as bolas e dar a vida em campo”, garantiu Cris. O Paraná Clube é o terceiro colocado da Série B, com 27 pontos, nove atrás da líder da Série B, Portuguesa.