Divulgação/Paraná Clube
Dinelson lesionou o tornozelo após marcar o único gol do Paraná na derrota por 3 a 1 para o Icasa

O Paraná Clube poderá ter de volta uma peça importante para a partida contra o Vila Nova, válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia Dinelson, lesionado desde a partida contra o Icasa no último dia 27, já treina fisicamente e, embora ainda sinta dores, pode voltar a jogar. “Ainda tenho um pouco de dor no tornozelo, mas nada que atrapalhe. Vou trabalhar forte na semana para pode atuar nesta rodada”, aponta Dinelson.

Rone Dias e Cambará também foram liberados e ficam à disposição do técnico Guilherme Macuglia para o confronto com o time goiano. Na lista de suspensos estão o zagueiro Brinner, que deve dar lugar a Flávio Boaventura, e Lima, que terá Gleidson como possível substituo.

Com as lembranças da boa fase que teve na Série B, quando ficou por 14 rodadas consecutivas entre os quatro melhores do campeonato, o Paraná amarga agora a 10ª colocação da tabela, com modestos 40 pontos. O dono da meta tricolor, Zé Carlos, garante que a vitória sobre o ASA, na última rodada, impulsiona o time a tentar a quarta vitória como visitante. “O espírito já foi diferente. Todos cobrando, vibrando um com o outro e é assim que temos que seguir”, avalia o goleiro.

E para tentar bater o time goiano, quenão vence há quatro rodadas, vale a força e a tranquilidade de quem ainda tem esperança no acesso à elite do futebol. “Temos essa semana toda para trabalhar e, para quem quer subir para a primeira divisão, precisa vencer de qualquer forma”, afirma Zé Carlos, de volta à meta titular há três rodadas.