Após perder várias oportunidades, o Paraná fica no 0 a 0 contra o América-MG, dentro do Independência, em Minas Gerais. Com o resultado, o Tricolor se manteve na 12º colocação, com 28 pontos na Série B.

Thiago Rodrigues salva o Tricolor na primeira etapa

O primeiro tempo começou truncado e com uma certa pressão do Paraná nos primeiros minutos, tentando, principalmente, alçar bolas na área do América-MG, mas o atacante Wellington Silva sofria para dominar as bolas

A melhor chance do jogo foi da equipe da casa, que acabou melhorando com as oportunidades perdidas do Tricolor. Aos 29, Vandinho, que jogava como líbero, acabou se atrapalhando e a bola sobrou para Geovanni, que na cara do goleiro, bateu no canto, mas Thiago Rodrigues conseguiu uma linda defesa.

Por parte do Paraná, a jogada mais aguda acabou sendo um chute de longe, do zagueiro Alisson, levando bastante perigo ao goleiro Neneca, que tirou para escanteio.

Paraná pressiona mas jogo acaba em 0 a 0

O Paraná pareceu ter acordado depois do intervalo e voltou bem para a segunda etapa do jogo no Independência, contra o América-MG.

Em apenas quatro minutos, o Tricolor já havia tido duas chances claras de gol. Na primeira, a bola sobrou para Cambará, que bateu na trave. Na segunda oportunidade, Marquinhos cruzou com perfeição para Wellington Silva, sozinho tocar para fora, perdendo grande chance.

No final do jogo, o Paraná perdeu a melhor chance do jogo. Douglas Packer fez ótima jogada, tocou para Geraldo, que driblou o zagueiro e bateu muito mal, para fora.

Com o empate, o Tricolor permaneceu na 12º colocação com 28 pontos e há 6 jogos sem saber o que é vencer. Na sexta-feira (07), o Paraná recebe o Bragantino, em casa, em busca de uma vitória.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-MG 0 X 0 PARANÁ CLUBE

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 04 de setembro de 2012 (terça-feira)
Horário: 19h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Anderson Moraes Coelho (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP)

América-MG: Neneca; Rodrigo Heffner (Thiaguinho), Gabriel, Everton Luiz e Bryan; Dudu, Marquinhos Paraná, Leandro Ferreira e Thiago Humberto (Geovanni); Alessandro e Adeílson (Ewerthon).
Técnico: Mauro Fernandes

Paraná: Thiago Rodrigues; Douglas Packer, Anderson, Alisson e Wendell Borges; Vandinho, Cambará (Lisa), Welington e Lúcio Flávio; Marquinhos (Geraldo) e Wellington Silva (Arthur).
Técnico: Ricardinho

Cartões amarelos: Alisson,Arthur, Cambará eWelington (PRC); Bryan (AMG).