O Paraná segue a sina de não vencer times paulistas nesta Série B. Na tarde deste sábado, o Tricolor foi até o interior de São Paulo, mas acabou perdendo para o Grêmio Barueri pelo placar de 1 a 0, na Arena Barueri. Com esse resultado, a equipe paranista fica na 14ª colocação, a oito pontos do G4, mas agora a cinco pontos da zona de rebaixamento.

Paraná joga mal, perde por 1 a 0, mas reclama da arbitragem

O jogo começou truncado, com as duas equipes errando muitos passes, mas o Grêmio Barueri aos poucos foi crescendo e tomando conta da partida. Aos 14 minutos, Léo Gamalho acertou a trave paranista. Um minuto depois, Alê cobrou falta direto para o fundo das redes: 1 a 0 Barueri. Aos 18, Marcelinho fez grande jogada e arrematou de longe, mas a bola passou à direita da meta de Zé Carlos.O Tricolor não jogava bem e encontrava dificuldades em arrematar a gol.

Além disso, os atletas paranistas reclamavam da arbitragem, alegando que houve um pênalti não marcado em Hernane e que Guto deveria ter sido expulso por conta de uma dura falta também em Henane, em que o atacante tricolor era o último homem e ia em direção ao gol. Até o fim do primeiro tempo, o Barueri controlou a partida e foi para o intervalo vencendo por 1 a 0. Na saída para os vestiários, os jogadores do Tricolor admitiram que a equipe fez um mau primeiro tempo, mas criticaram os erros do árbitroManoel Lopo Garrido.

Tricolor segue sem força ofensiva e perde a partida

O segundo tempo começou em ritmo lento, o Paraná seguia mal em campo, sem poder ofensivo, mas também não levava pressão do time da casa. A primeira boa jogada de ataque aconteceu somente aos 19 minutos, quando Zé Carlos bateu de longe e o goleiro tricolor fez grande defesa. Aos 26, Léo Gamalho perdeu uma chance íncrivel de marcar o segundo gol do Barueri: sozinho, na entrada da área, o atacante chutou pela linha de fundo.

O Paraná só arrematou a gol aos 30 minutos, quando Dinélson acertou o travessão adversário. O Tricolor até tentou crias mais jogadas de ataque nos minutos finais da partida, mas bagunçado em campo, pouco produziu de efetivo, e com o Barueri administrando o jogo com tranquilidade, o duelo não saiu do 1 a 0 para o time paulista.