Paraná tropeçou mais uma vez e acumula três derrotas no Brasileirão (Geraldo Bubniak /AGB)

E segue o drama tricolor no início do Brasileirão. Depois de perder os dois primeiros jogos, o Paraná tropeçou mais uma vez e foi derrotado pelo Sport, por 2 a 1, na tarde deste domingo (19), na Vila Capanema, em duelo válido pela terceira rodada da competição.

Assim como o início do campeonato, os começos dos dois tempos também foram difíceis para o Tricolor. Na primeira etapa, logo aos oito minutos, Rogério aproveitou bobeira do sistema defensivo em cobrança de escanteio e apareceu livre na segunda trave para abrir o placar para os visitantes. Já no segundo tempo de partida, aos três minutos, Marlone cobrou falta na gaveta e marcou um golaço para ampliar e decretar a vitória dos pernambucanos. O time da casa ainda descontou nos minutos finais. Aos 44, Jhonny Lucas aproveitou rebote de Mailson na área e marcou o primeiro gol paranista no Brasileirão.

Com o revés, o Paraná segue sem somar pontos e ocupa a última colocação do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso será contra a Chapecoense, na segunda-feira (07), às 20h, na Arena Condá, válido pela quarta rodada da competição.

O jogo

A torcida paranista se mobilizou para mais um jogo em casa e empurrou o time desde o início na busca pelos primeiros pontos no campeonato. Mas o Sport veio destinado a estragar a festa do torcedor e abriu o placar logo aos oito minutos de partida. Após cobrança de escanteio na área, Fellipe Bastos deu uma casquinha e Rogério apareceu livre na segunda trave para completar para o fundo das redes.

O Paraná teve bom volume ofensivo, mas pecou na hora de finalizar e entregou fácil as tentativas para o goleiro Mailson, que não teve grande trabalho para fazer as defesas. A melhor chance na primeira etapa saiu dos pés do garoto Jhonny Lucas, aos 17 minutos, em chute de longe que passou raspando o travessão do Sport.

Tentando mudar a postura do time, o técnico Rogério Micale promoveu as entradas de Marcelo Baez e Matheus Pereira nas vagas de Rayan e Wesley Dias na volta do intervalo. Mas não deu tempo nem de sentir o efeito das mudanças e o Tricolor já viu o adversário ampliar o marcador. Aos três minutos, Marlone cobrou falta na gaveta e marcou um golaço para fazer o segundo.

Assim como no primeiro tempo, o Paraná seguiu tendo maior volume no campo de ataque, mas esbarrou nas finalizações sem muita força. O melhor momento do time foi já na parte final de partida. Aos 44 minutos, após cabeçada de Carlos que Mailson defendeu, Jhonny Lucas aproveitou o rebote para descontar o placar. O gol inflamou a torcida, que ensaiava deixar a Vila Capanema e voltou para gritar ainda mais alto. O Tricolor ainda tentou com chute de Alemão, aos 46, mas a finalização parou na defesa rubro-negra e não conseguiu evitar mais uma derrota no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1X2 SPORT

Local: Vila Capanema.
Data: Domingo, 29 de abril de 2018.
Horário: 16h.
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS).
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS).
Público e renda: 7.604 pagantes | 8.490 total | R$ 172.105,00

Paraná: David; Alemão, Jesiel, Cleber Reis e Rayan (Marcelo Baez); Jhonny Lucas, Wesley Dias (Matheus Pereira) e Caio Henrique; Raphael Alemão (Luan Viana), Silvinho e Carlos.
Técnico: Rogério Micale.

Sport: Mailson; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Anselmo, Neto (Ferreira), Fellipe Bastos e Marlone; Andrigo (Claudio Winck) e Rogério (Carlos Henrique).
Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols: Rogério aos 8′ do primeiro tempo; Marlone (SPO) aos 3′ e Jhonny Lucas (PRC) aos 45′ do segundo tempo.
Cartão amarelo: Jesiel (PRC) e Ferreira (SPO).