O jogo era difícil, contra o vice-líder da Série B, fora de casa. O Paraná fez um bom primeiro tempo, mas falhou na marcação em momentos cruciais da partida, e apesar de lutar até o fim, perdeu para a Ponte Preta pelo placar de 4 a 3. Com essa derrota, o Tricolor fica na 10ª colocação, a seis ponto do G4, restando ainda o complemento da rodada neste sábado.

Juiz marca pênalti inexistente e prejudica o Tricolor

A partida começou movimentada e disputada no Moisés Lucarelli. A Ponte Preta tomava a iniciativa do jogo, mas o Tricolor estava bem postado em campo e também criava jogadas em velocidade. Ao 15 minutos, Patric bateu de perna esquerda, mas a bola passou à direita do gol de Thiago Rodrigues. O Paraná tocava a bola com qualidade e cortava com eficiência os bons ataques do time da casa. Aos 24, Renatinho finalizou da marca do pênalti e o goleiro tricolor fez grande defesa.

O tempo passava e a Macaca seguia com mais posse de bola, mas o Tricolor continuava firme na marcação e bem nos contra-ataques, porém pecava nas finalizações. Em toda a etapa inicial, o Paraná só chegou com perigo em jogadas de bola parada, faltando mais capricho para aproveitar as oportunidades de gol. Até que, aos 42 minutos, Brinner cometeu falta em Renatinho fora da área, mas o juiz marcou pênalti para o time da casa. Ricardo Jesus bateu com força, no meio do gol e abriu o placar: 1 a 0 Ponte Preta, e fim de primeiro tempo.

Jogo pega fogo no segundo tempo, mas a vitória fica com a Macaca

Logo no início da etapa final, a Ponte criou duas boas oportunidades de ampliar o placar, com Renatinho e Leandro Silva. O time da casa voltou melhor e pressionava o Tricolor. Aos 11 minutos, João Paulo cobrou escanteio, Ferron fugiu da marcação de Edson Rocha e cabeceou para o fundo das redes: 2 a 0 Ponte Preta. A equipe paranista já não era mais tão efetivo na marcação e dava espaços para o adversário atacar. Justo no momento em que a Macaca era melhor, o Paraná descontou com um golaço de falta do lateral Lima, aos 17 minutos: 2 a 1 Ponte.

Após o gol paranista, o jogo pegou fogo. Aos 33 minutos,Renatinho fez uma grande jogada, chutou forte, a bola explodiu em Thiago Rodrigues e, no rebote, Lúcio Flávio completou para as redes: 3 a 1 Ponte. Mal deu tempo da torcida da Macaca comemorar e o Paraná marcou o segundo, mais um golaço, dessa vez de Ricardinho, no ângulo: 3 a 2 Ponte. Só que o time paranista falhava na marcação em momentos decisivos, e em novo erro da defesa, a equipe da casa marcou o quarto gol.

Aos 44 minutos, João Paulo fez grande jogada, cruzou para a área e Lúcio Flávio apenas tocou para o fundo das redes: 4 a 2 Macaca. Só que, mais uma vez, a torcida alvinegra não conseguiu comemorar o gol, pois o Tricolor marcou logo em seguida. Aos 47, Marinho driblou dois marcadores e fez um bonito gol em Campinas: 4 a 3. O Paraná tentou até o fim, mas não conseguiu o empate e volta derrotado para Curitiba, em um bom jogo, com sete gols, mas com vitória da Ponte por 4 a 3.