Por Rodrigo Dornelles
Paraná é derrotado em Juiz de Fora. (Divulgação/ Tupi)

Paraná é derrotado em Juiz de Fora. (Divulgação/ Tupi)

Mais uma partida sem vencer. O Paraná foi até Juiz de Fora para encerrar sua participação no primeiro turno da Série B e acabou derrotado pelo Tupi. Com um primeiro tempo muito ruim, o Tricolor viu o adversário fazer o resultado na metade inicial de partida. Com o resultado, já são cinco jogos seguidos sem vencer.

O resultado negativo do Paraná foi consequência de um primeiro tempo sonolento. Abatido em campo, o Tricolor viu Giancarlo aproveitar chute de Serrato para colocar na rede e abrir o placar. Menos de 10 minutos depois, Luiz Paulo, de falta, ampliou para o Tupi ainda no primeiro tempo, dando números que seriam os finais do jogo.

Derrotado, o Paraná chega ao quinto jogo consecutivo sem vencer e estaciona nos 26 pontos ganhos. A equipe cai para o nono lugar na classificação. A Série B tem uma pausa e o Tricolor volta a campo no dia 19, diante do Brasil de Pelotas, na Vila Capanema. Já o Tupi sobe da vice-lanterna para o 18º lugar, com 18 pontos. O próximo compromisso do time mineiro é fora de casa, contra o Goiás, no dia 20 deste mês.

Só deu Tupi

A primeira etapa de jogo foi de um time apenas em campo. O início da partida ainda teve ações dos dois lados nos campos ofensivos, mas com o time da casa melhor. Buscando o jogo e encaixando suas jogadas, a equipe mineira saiu na frente. Aos 31 minutos, uma jogada de ex-paranistas, com Serrato arriscando e Giancarlo, na área, aproveitando para tocar para a rede, sozinho e tranquilo.

Na frente no marcador, o Galo precisou de menos de 10 minutos para ampliar. Em cobrança de falta, Luiz Paulo acertou o travessão, a bola voltou nas costas de Wendell e entrou. Enquanto o Tupi vencia por 2 a 0, o Paraná se mostrava perdido em campo. E o estrago não foi maior por conta da trave. Após escanteio da direita, Giancarlo testou forte e carimbou o poste de Wendell, quase marcando o terceiro.

Tricolor parte para o ataque, mas não balança a rede

Precisando buscar o ataque para tentar empatar, o Tricolor voltou com Henrique e Claudevan nas vagas de Válber, muito bem marcado na etapa inicial, e de Basso. As mudanças deixaram o time mais solto, mas abriram espaço para os contra-ataques do Tupi. O time mineiro chegou com perigo com Octávio, de cabeça, obrigando Wendell a fazer uma defesa sensacional. Do outro lado, Lúcio Flávio, de cabeça, e Jean, em uma bomba de fora da área, colocaram Glaysson para trabalhar.

Buscando o ataque, o Tricolor seguiu tentando diminuir a desvantagem no placar. Em uma jogada individual, Robson obrigou Glaysson a outra boa defesa para evitar o primeiro gol paranista. Na reta final de jogo, o Paraná se mandou ao ataque. Henrique Gelain, de longe, arriscou e quase balançou a rede. No finalzinho, ainda deu tempo de Leandro Silva ser expulso direto por uma entrada forte e deixar o Tricolor com 10 em campo.

FICHA TÉCNICA
TUPI 2×0 PARANÁ

Local: Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG).
Data: 02 de agosto de 2016.
Horário: 21h30.
Público e renda: 847 torcedores/ R$ 9.347,00.
Árbitro: Philip Georg Bennett (RJ).
Assistentes: Gabriel Conti Viana (RJ) e João Luiz Coelho de Albuquerque (RJ).

Tupi: Glaysson; Vinícius Kiss, Gabriel Santos (Thiago Sales), Rodolfo e Luiz Paulo; Renan, Filipe Alves, Serrato (Marcel) e Pedro Botelho (Tiago Espíndola); Octávio e Giancarlo.
Técnico: Estevam Soares.

Paraná: Wendell; Diego Tavares, Leandro Silva, Leonardo e Henrique Gelain; Basso (Claudevan), Jean, Válber (Henrique) e Nadson (Marcelinho); Robson e Lúcio Flávio.
Técnico: Marcelo Martelotte.

Cartões amarelos: Giancarlo, Glaysson e Octávio (TUP). Henrique Gelain e Jean (PRC).
Cartões vermelhos: Leandro Silva (PRC).
Gols: Giancarlo aos 31′ do primeiro tempo e Luiz Paulo aos 37′ do primeiro tempo (TUP).