Por Pedro Melo com informações de Monique Vilela

Presidente do Paraná afirmou que não vai dividir estádio com a dupla Atletiba. (Divulgação/Atlético)

O presidente do Paraná, Leonardo Oliveira, negou qualquer chance de se unir com a dupla Atletiba para jogar em uma possível “Arena dos Paranaenses”. Em entrevista à Banda B, o mandatário paranista afirmou que a participação paranista num possível estádio para os clubes de Curitiba não está nem entre as principais prioridades do Tricolor.

“A reunião não foi para isso. Nós fomos convocados para reunião para propostas de estádios durante a nossa gestão. Coritiba e Atlético também trataram de assuntos do interesse deles. Falar em mudança de estádio, esse assunto está fora da primeira folha de prioridades pelos vários problemas que temos. Nem analisado isso foi pela diretoria do Paraná. É um assunto fora de propósito”, declarou o presidente.

O assunto teve início na última segunda-feira (27), quando Oliveira se reuniu com o presidente Rogério Bacellar, do Coritiba, e Mario Celso Petraglia, mandatário do Conselho Deliberativo do Atlético, para debater sobre uma viabilização de “Arena Atletiba”, mas surgiu a possibilidade do Paraná entrar no projeto.

Em relação à Vila Capanema, o presidente do Paraná não coloca muitas expectativas no torcedor, mas acredita que até o final do ano terá novidades em relação à disputa judicial de quase 40 anos pelo terreno do estádio. “Nada mudou pelo menos no último ano. Continuamos conversando, inclusive no IPPUC sobre isso sobre os projetos que temos para a Vila Capanema. Se tudo der certo, até o final do ano temos novidades. Porém, não quero criar expectativas. É um assunto de mais de 50 anos, mas quem sabe teremos algumas novidades em breve”, concluiu.