Definido para enfrentar o Sport, no próximo sábado (19), o Paraná Clube ainda aguarda a definição do julgamento do volante Sílvio, de volta ao time após cumprir suspensão. Caso o jogador seja punido pelo Superior Tribunal de Justiça Deportiva (STJD), Everton Garroni será o substituto imediato no meio campo. “Pelo que a gente viu a súmula foi bem carregada, então vamos conversar com o departamento jurídico. Se ele não for liberado, entra o Garroni”, disse o técnico.

Como já cumpriu uma partida de suspensão, a expectativa é de que Sílvio seja condenado em apenas uma partida e possa voltar já contra o Sport. Expulso contra o ABC, o jogador garante que não xingou o árbitro Claudio Mercadante. “Eu não o ofendi, não faz parte da minha índole. Eu jamais usaria palavras obscenas pra ofender ninguém”, disse Sílvio, que afirmou apenas ter pedido o fim do jogo em uma jogada perigosa do time potiguar. “Ele usou não da autoridade, mas do autoritarismo pra me dar cartão vermelho”.

Assim, Guilherme Macuglia deverá por em campo Zé Carlos, Marquinho, Brinner, Flávio Boaventura e Lima; Sílvio (Everton Garroni), Itaqui, Cambará e Dinelson; Marinho e Giancarlo. Sport e Paraná se enfrentam pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, em Recife, neste sábado (19), às 17h.