Wilians Lima/Banda B
Ricardinho retorna e deve compor o ataque titular ao lado de Giancarlo contra o Criciúma

A sete pontos de voltar ao G4, o Paraná ainda acredita. E a fé cresceu um pouco mais após a boa vitória sobre o Vila Nova, no Serra Dourada, depois de um jejum de quase três meses sem vencer fora de casa. Curiosamente, a vítima do último triunfo do Tricolor longe da Vila é o Criciúma, adversário da próxima rodada do campeonato.

Para o jogo, Guilherme Maucglia não poderá contar com o zagueiro Luciano Castán e o volante Cambará, ambos suspensos pelo terceiro amarelo. Por outro lado, o técnico tem Brinner e Lima à disposição. “Nós dependemos do [Douglas] Packer, que sentiu muito no último jogo e a possibilidade da volta do Lima e também do Ricardinho. Se ele resistir aos trabalhos, há possibilidade de ele jogar”, confirnou o treinador.

Macuglia afirmou que deve armar o time com três zagueiros e manter o goleiro Thiago Rodrigues na meta, já que Zé Carlos foi vetado pelo departamento médico. E se o lema é de confiança na sequência, com direito à mobilização da torcida para a partida, dentro do elenco a sensação segue o mesmo caminho. “É a confiança que eles [jogadores] estão tendo novamente. De repente, aquela situação complicada de quando a gente chegou, ficou boa. Tudo passa por esse jogo contra o Criciúma”, avalia o técnico.

Embora ainda não confirme o time titular, já que ainda resta a dúvida sobre as condições físicas de Packer e o posicionamento de Lima, Macuglia deve levar a campo um time formado por Thiago Rodrigues, Cris, Brinner e Edson Rocha, Marquinho, Silvio, Itaqui, Douglas Packer (Lima), Gleidson (Lima), Ricardinho e Giancarlo.

O Paraná Clube enfrenta o Criciúma nesta terça-feira (18), às 20h30, na Vila Capanema. A Banda B trasmite a partida ao vivo, com narração de Paulo Sérgio.