Após a derrota de ontem, em casa, por 1 a 0 para o Americana, que gerou a demissão do técnico Roberto Fonseca, a diretoria do Paraná optou por adotar um regime rigoroso de concentração até o fim da Série B.

Os jogadores paranistas já concentram neste domingo, visando a partida da próxima terça-feira, contra o Salgueiro, fora de casa. Daqui pra frente, e até acabar o campeonato, as concentrações acontecerão vários dias antes dos jogos, deixando o elenco quase em regime fechado.

“Se alguém achou que estava de férias aqui, se enganou, porque agora acabou a moleza”, disse o vice de futebol do Paraná, Paulo César Silva, em entrevista à rádio Banda B. Logo após a partida deste sábado, Paulão já tinha deixado claro que não gostou da apresentação da equipe tricolor. “Eu não gostei do que eu vi hoje (ontem). A equipe se arrastou em campo. Um time que quer subir não pode perder em casa, o Paraná é grande demais para estar em 9º lugar na Série B”, resumiu o dirigente.

O elenco paranista viaja nesta segunda-feira pela manhã para Pernambuco, local da partida contra o Salgueiro, marcada para às 21h50 desta terça-feira.