O técnico Ricardo Pinto optou pelo caminho da “crítica construtiva” ao analisar a vitória de virada do time sobre o Ituiutaba, pela rodada de abertura da Segunda Divisão do Brasileiro. A falta de entrosamento, além do apagão da defesa, que deu origem ao gol do time mineiro, foram destacados pelo técnico, consciente de que esse é só o primeiro passo do time rumo aos objetivos de 2011.

“Estou muito feliz, mas consciente. A dificuldade vai aparecer, mas de qualquer forma temos condicionamento pra ganhar, jogadores pra chegar. É importante estrear com vitória e por sorte conseguimos”, apontou o técnico.Mais solto em campo, é claro que o time do Paraná joga uma tranquilidade que não se via no Paranaense. A defesa, ponto alto do grupo no jogo de hoje, também foi fator de equilíbrio. “Mudou a filosofia, o olhar. Jogar sem pressão é diferente”, destacou Pinto, que ressalta a possibildade de errar sem tantas cobranças no Brasileiro, ao menos nesse início.