Por Pedro Melo com informações de Monique Vilela

Lúcio Flávio marcou nos acréscimos do segundo tempo. (Geraldo Bubniak/Futebolparanaense.net)

Lúcio Flávio marcou nos acréscimos do segundo tempo. (Geraldo Bubniak/Futebolparanaense.net)

O Paraná conseguiu a vitória sobre o lanterna Sampaio Corrêa somente nos acréscimos do segundo tempo. O responsável pelos três pontos foi o atacante Lúcio Flávio, que vinha sendo muito criticado pelos torcedores e saiu emocionando de campo.

Durante a entrevista, Lúcio Flávio confidenciou que garantiu ao técnico Marcelo Martelotte que seria o responsável pelo gol da vitória. “Quando ele [Martelotte] está me dando as orientações, eu disse que ia fazer o gol da vitória. Isso já vinha sendo falado pelos meus companheiros no banco e todo mundo estava falando. A gente botou a fé em prática e o gol aconteceu”, disse.

Já o treinador paranista destacou o trabalho feito pelo atacante durante os treinamentos e comemorou o fato do gol da vitória ter sido marcado pelo camisa 19. O Lúcio Flávio merecia esse gol. Na última partida, ele teve três chances em 10 minutos e pedi para ele entrar da mesma forma que foi contra o Brasil. Ele fez uma promessa na beira do campo e cumpriu”, afirmou.

Após ser vaiado pela torcida na derrota para o Brasil de Pelotas, Lúcio Flávio não se abateu e continuou trabalhando. Por conta disso, o atacante admitiu que o gol retomará sua confiança dentro de campo. “Coroa um trabalho. Começa a mudar porque retoma a confiança e claro que quando a gente começa a jogar, a confiança volta, mas quando marca gol é diferente. Além de ter batido para o gol, o goleiro tocou nela e ainda bateu na trave antes de entrar”, finalizou.

Mais distante da zona de rebaixamento, o Tricolor volta a campo no próximo sábado (03), às 16h, para enfrentar o Oeste.