Paraná tropeçou diante do São Paulo na estreia do Brasileirão (Léo Pinheiro/Framephoto/Estadão Conteúdo)

Depois de muita espera, o retorno do Paraná Clube à elite do futebol brasileiro não foi da maneira que o torcedor paranista desejava. No duelo dos tricolores, melhor para o paulista, que derrotou o paranaense, por 1 a 0, na noite desta segunda-feira (16), no Morumbi, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Apático no primeiro tempo, o Paraná não criou chances de perigo e viu o São Paulo comandar as ações e construir a sua vitória. Apostando nas bolas aéreas, o time do técnico Diego Aguirre chegou ao gol aos 36 minutos, em cabeçada do zagueiro Bruno Alves após cobrança de falta de Cueva.

O Tricolor paranaense evoluiu na etapa final e ameaçou a equipe da casa em busca do empate. O time tentou três vezes na parte inicial com chegadas de Silvinho, Caio Henrique e Rayan, que não conseguiram concluir com êxito ao gol. Já na reta final, Carlos Eduardo tentou finalização, mas a bola desviou na marcação, não conseguindo evitar o revés na estreia.

O Paraná agora tenta a reabilitação no próximo domingo (22), às 11h, diante do Corinthians, na Vila Capanema, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

São Paulo comanda o jogo e sai na frente

Acoado na etapa inicial, o Paraná não ameaçou a meta defendida pelo goleiro Sidão, que teve trabalho apenas para afastar um cruzamento de Diego, aos 30 minutos de partida.

O São Paulo, por sua vez, foi quem buscou mais a criação no setor ofensivo. Forte na bola aérea, o time casa assustou logo aos cinco minutos, com Brenner desviando na segunda trave após cobrança de escanteio e mandando para fora.

O Tricolor paulista voltou a ameaçar em duas jogadas do meia Lucas Fernandes. Na primeira, aos 33 minutos, ele invadiu a área pelo lado esquerdo e finalizou para boa defesa de Richard. Pouco depois, aos 36, o camisa 11 apareceu novamente e sofreu falta na entrada da área. A infração foi cobrada por Cueva, que cruzou na área e encontrou Bruno Alves, que cabeceou firme, no fundo das redes do arqueiro paranista.

Paraná evolui, mas não consegue o empate

Com uma postura mais agressiva na etapa final, os visitantes conseguiram criar mais oportunidades. Nos primeiros cinco minutos, o Paraná ameaçou três vezes, com finalizações de Silvinho, que esbarrou em defesa de Sidão, e de Caio Henrique e Rayan, que mandaram pela linha de fundo.

O São Paulo pouco risco ofereceu à meta de Richard na etapa final. O Tricolor paranaense seguiu buscando um ponto jogando fora de casa, mas faltou o detalhe final. Já depois dos 40 minutos jogados, Thiago Santos teve boa chance, mas Rodrigo Caio apareceu para cortar. No lance seguinte, Silvinho fez ótima jogada pela esquerda e acionou Carlos Eduardo. O camisa 10 tentou o arremate da entrada da área, a bola desviou na defesa e se perdeu pela linha de fundo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1X0 PARANÁ

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP).
Data: Segunda-feira, 16 de abril de 2018.
Horário: 20h.
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC).
Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC).
Público e renda: 11.327 total| R$ 338.295,00

São Paulo: Sidão; Éder Militão, Bruno Alves e Rodrigo Caio; Régis, Jucilei, Hudson, Cueva (Nenê) e Lucas Fernandes (Valdívia); Marcos Guilherme e Brenner (Júnior Tavares).
Técnico: Diego Aguirre.

Paraná: Richard; Alemão, Jesiel, Rayan e Mansur (Marcelo Baez); Leandro Vilela (Thiago Santos), Wesley Dias, Caio Henrique e Carlos Eduardo; Silvinho e Diego (Léo Itaperuna).
Técnico: Rogério Micale.

Gol: Bruno Alves (SÃO) aos 36′ do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Sidão, Éder Militão, Régis e Júnior Tavares (SÃO); Leandro Vilela e Thiago Santos (PRC).