Por Pedro Melo com informações de Monique Vilela

Marcelo Martelotte destacou o trabalho de Wendell Péricles. (Monique Vilela/Banda B)

Marcelo Martelotte destacou o trabalho de Wendell Péricles. (Monique Vilela/Banda B)

O Paraná terá desfalques para a partida contra o Criciúma, concorrente direto na briga pelo G4, e o principal deles é o goleiro Marcos, que sentiu uma lesão na panturrilha. Entretanto, a ausência do capitão não é motivo de preocupação para o técnico Marcelo Martelotte que confia em um bom desempenho de Wendell Péricles.

“O goleiro normalmente é uma posição que está acostumado a jogar e tem experiência como é o caso do Marcos há muito tempo no Paraná. Esse costume quando quebrado traz uma preocupação, mas no caso é diminuta porque o Wendell correspondeu sempre e treina muito bem e por isso, é importante a oportunidade. Wendell tem muita confiança e é uma boa chance para observa-lo”, declarou Martelotte.

Outra mudança na escalação será no setor ofensivo com a ausência de Lúcio Flávio, que cumpre suspensão após receber o terceiro cartão amarelo, e saída de Robert. Com isso, o volante Jean começa entre os titulares e Nadson será avançado para jogar no ataque com Robson.

Martelotte destacou que as características da equipe vão mudar e confia na qualidade dos atacantes. “Dá para jogar sem o homem de referência e com características só temos o Yan Philippe para manter a estrutura, mas temos outras opções e apostando sempre na qualidade dos nossos atacantes”, disse.

A provável escalação paranista tem Wendell; Diego Tavares, Leandro Silva, Alisson e Rafael Carioca (Henrique Gelain); Basso, Jean, Murilo e Válber; Nadson e Robson.