Por Pedro Melo com informações de Monique Vilela

Marcelo Martelotte . (Monique Vilela/Banda B)

Marcelo Martelotte . (Monique Vilela/Banda B)

O Paraná repetiu o mesmo resultado da rodada anterior e ficou no empate sem gols com o Paysandu. Na visão do técnico Marcelo Martelotte, a grande diferença em relação ao último jogo foi que o Tricolor esteve muito mais próximo de marcar e isso o deixou ainda mais frustrado por não vencer na Vila Capanema.

“Saímos mais frustrados pelo fato de não conquistar a vitória. Produzimos mais, tivemos mais oportunidade e entendo que fomos bem diferentes do que contra o Avaí apesar da postura do adversário em priorizar a marcação. Por isso, ficamos decepcionados e deixamos mais dois pontos em um jogo que produzimos para ganhar”, comentou Martelotte.

Durante pouco mais de 20 minutos, o Tricolor ficou com um jogador a mais após a expulsão do volante Augusto Recife. Martelotte reconheceu o bom trabalho defensivo do Paysandu e admitiu a “falta de competência” para ganhar o jogo. “Chutamos muito para o gol e fica na verdade a falta de produtividade em colocar a bola para dentro. Quando o Paysandu ficou um jogador a menos, ele abriu mão de atacou e mesmo assim, a nossa equipe teve tranquilidade para jogar de lado. Faltou a competência em sair com a vitória”, disse.

Logo após o apito final, os pouco mais de três mil presentes na Vila Capanema vaiaram o desempenho da equipe e o comandante declarou que sente o mesmo sentimento de decepção da torcida. “Estamos também decepcionados com o resultado. Já vi muita equipe perder esse tipo de jogo e não é porque você tem o domínio que vai conseguir o resultado. Tenho certeza que o torcedor é inteligente e ele sabe onde nós erramos”, afirmou.

Confira a coletiva completa do técnico Marcelo Martelotte: