Lisca projeta duelo difícil contra o vice-lanterna da Série B (Felipe Dalke/Banda B)

Passada a ressaca do término do primeiro turno com derrota, o Paraná Clube agora começa a projetar uma campanha melhor no returno da Série B para buscar o tão sonhado acesso à elite do futebol brasileiro. E a caminhada começa neste sábado (12), contra o ABC-RN, na Vila Capanema, onde a equipe vem de três vitórias consecutivas e 12 gols marcados nestas últimas partidas.

Nesta etapa da competição, o técnico Lisca avaliou a competitividade do campeonato e não espera vida fácil no confronto contra o vice-lanterna do campeonato. “O jogo contra o ABC é difícil. A Série B é chover no molhado, ainda mais no segundo turno, que muita gente tem como um reinício, sempre na parte psicológica, principalmente os times que estão mais embaixo. A competição fica mais competitiva no returno, pois não tem mais o jogo de volta”, disse em entrevista coletiva.

Colhendo os frutos dos treinamentos com o bom aproveitamento em finalizações, o treinador destacou a necessidade de ajustes para diminuir o alto número de passes errados do Tricolor nas últimas partidas. “As estatísticas são importantes. Elas estão presentes no futebol, mas temos que saber interpretá-las. Às vezes ela mostra uma coisa, mas a efetividade dela não é o que a gente quer, que é a vitória. Todos os treinadores trabalham para vencer e usam estas ferramentas. É um dos trabalhos que tenho feito aqui, que é a finalização, e temos um nível alto de acerto. O número de passes nós temos trabalhado muito isso, eu gosto muito do jogo de pé em pé, é o principal fundamento do futebol”, destacou.

Para o jogo deste sábado, Lisca não confirma a escalação, mas revelou que a equipe poderá ter mudanças no meio-campo, com a provável entrada de Zezinho na vaga de Gabriel Dias. “São jogadores de características diferentes. O Gabriel [Dias] é um jogador de mais pegada, de transpiração, enquanto o Zezinho é um jogador de mais organização. Em algumas circunstâncias uma característica é mais importante, a base se mantém, mas uma ou outra peça se adapta ao estilo do jogo. Trabalhamos esta situação também, mas tem chances do Zezinho entrar jogando”, finalizou.

O Paraná encara o ABC-RN neste sábado, às 16h, na Vila Capanema, em partida válida pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.