Os jogadores do Paraná comemoram muito o empate em 1 a 1 com o Guarani, conquistado na noite desta terça-feira, no estádio Fonte Luminosa, em Araraquara. “Faltou um pouco de técnica. Foi um jogo truncado, mas graças a Deus, empatamos e conseguimos somar um ponto importante”, resumiu o volante Júnior Urso.

O Guarani saiu na frente, com gol de Denílson aos 19 minutos do segundo tempo. Mas o Tricolor foi guerreiro em campo e conseguiu o empate com Giancarlo, aos 33 minutos da etapa final (ainda contando com um desvio da zaga do Bugre). “O Paraná está de parabéns pela luta. Podíamos ter vencido, mas pecamos nas finalizações. Mostramos que somos fortes e, por um detalhe, não vencemos”, completou o volante Éverton Garroni.

Para Garroni, o Paraná não foi bem no primeiro tempo, mas cresceu nos 45 minutos finais e até podia ter vencido o Bugre, mas o volante comemorou o empate fora de casa. “Tivemos dificuldades no começo do primeiro tempo. Sabemos que, independente do adversário, não teremos moleza. Acredito que melhoramos na segunda etapa e, o importante, é marcar pontos”, afirmou.

Já o volante Júnior Urso acredita que o Tricolor ainda tem que melhorar na marcação para conseguir resultados ainda melhores na Série B. “Acredito que precisamos melhorar a marcação. Somos um sério candidato ao título e, para conseguir o objetivo, temos que diminuir o espaço”, disse o volante.

Divulgação
Júnior Urso foi um dos destaques do Tricolor no jogo contra o Bugre

Com o empate em 1 a 1 com o Guarani, o Paraná acabou caindo para a 4ª colocação da Série B, com 28 pontos. O Tricolor foi ultrapassado pelo Náutico, que ontem derrotou o São Caetano, nos Aflitos. Na próxima rodada, a equipe de Roberto Fonseca enfrenta o Sport, no sábado, a partir das 16h20, na Vila Capanema. “O Sport é uma equipe qualificada, mas temos ótimos resultados atuando na Vila e temos que buscar os três pontos”, completou Garroni.