Hemerson Maria recebeu convite para treinar o Paraná. (Divulgação/Vila Nova)

Sem técnico após a saída de Wagner Lopes, o Paraná tentou a contratação de Hemerson Maria, atualmente no Vila Nova. O treinador admitiu que houve uma conversa com o diretor de futebol, Felipe Albuqerque, para falar sobre o convite paranista, mas reiterou o desejo de continuar no clube goiano.

“Eu já falei com o Felipe [Albuquerque] há dois dias. Realmente houve uma procura. Eu não saio do Vila Nova e não saio não é por questão financeira, por questão de time de série A. Hoje de repente, eu poderia estar dando um pulo na minha carreira, mas eu quero crescer junto com o Vila Nova”, declarou Maria, em entrevista à Rádio 730, de Goiânia.

Sob o comando de Hemerson Maria, o Vila Nova ainda está invicto na temporada. Em 10 jogos, são cinco vitórias e cinco empates, liderança do Grupo B do Campeonato Goiano e classificado para a segunda fase da Copa do Brasil.

Na última sexta-feira, o executivo de futebol do Paraná, Rodrigo Pastana, afirmou que a prioridade é avançar para a terceira fase da Copa do Brasil e o nome do novo treinador ficaria para após a partida. “Nem pensamos em nomes. Estamos pensando apenas no jogo contra o Sampaio Corrêa e é de fundamental importância passar para a terceira fase da Copa do Brasil. Nós não tratamos em nada”, afirmou.