Por Rodrigo Dornelles com informações de Monique Vilela
Goleiro Marcos cobra constante evolução. (Monique Vilela/ Banda B)

Goleiro Marcos cobra constante evolução. (Monique Vilela/ Banda B)

A última partida do Paraná na Série B causou certa decepção no torcedor. Em casa, o time teve a chance de vencer o Avaí e entrar no G4. O empate em 0 a 0 impediu que o Tricolor finalmente pudesse estar entre os quatro primeiros da competição. O goleiro Marcos admite que o resultado não era o esperado, mas valoriza a evolução da equipe.

Na visão do goleiro, apesar de não ter conseguido bater o Leão na Vila Capanema, o desempenho paranista deve ser destacado. “Em termos de resultado não foi bom, mas em termos de evolução foi um fator importante. A gente sufocou a equipe deles o jogo todo, não criamos o número de oportunidades que queríamos, mas tivemos um volume de jogo muito grande, que muitas vezes em casa não estávamos conseguindo. Atacamos com segurança, sem sofrer muito, quase não tive nenhum trabalho. Em termos de evolução, a equipe evoluiu. Claro que o resultado não foi o esperado, esperávamos vencer para entrar no G4”, comentou Marcos.

Depois de empatar com o Avaí, o Tricolor tem novo compromisso dentro de casa, contra o Paysandu, na próxima terça-feira (12). Marcos espera um adversário fechado. “A gente sabe que a partir do momento que a gente começa a vencer, as equipes que vem enfrentar a gente aqui vem com respeito maior. A gente sabe que eles vêm fechado, jogar no nosso erro. Pela primeira vez agora a gente vai ter uma semana para trabalhar, nos outros jogos era mais na base da conversa mesmo, então a gente vai se preparar para conseguir furar essa barreira, mas a gente tem consciência da dificuldade de enfrentar essas equipes que vem fechadas”, disse o goleiro.

Com bom desempenho fora de casa, o Paraná falha como mandante e por isso não está em uma posição melhor na Série B. O jogador garante que o grupo sabe da necessidade de melhorar os resultados na Vila Capanema. “A gente sabe que dentro dessa competição o importante é ganhar jogos em casa e conseguir alguns pontos fora também. A gente está tendo um pouco de dificuldade e temos essa consciência. A gente sabe disso e sabe da responsabilidade que é. O torcedor pode esperar que nesse jogo a gente vai se dedicar, se entregar e se doar ainda mais para que os gols possam sair e a gente possa dar alegria para eles voltarem”, afirmou Marcos.

Sem pressa para entrar no G4, Marcão cobra evolução constante do time para que, no momento que o clube conseguir se colocar entre os primeiros, seja para não sair mais. “Nosso objetivo é melhorar a cada jogo, não só simplesmente entrar no G4. A gente tem que evoluir para a partir do momento que entrar no G4 a gente poder se manter ali. É importante ter calma, continuar trabalhando e evoluindo sempre para quando entrar a gente dê uma sequência e não saia mais”, declarou o goleiro.