O jogo entre Paraná e ASA era daqueles de seis pontos, já que as duas equipes tinham 37 pontos e estavam próximas da zona do rebaixamento da Série B. Jogando na Vila Capanema, o Tricolor se impôs em campo e venceu o adversário pelo placar de 3 a 1.

O ASA segue sem vencer jogando fora de casa. Foram 15 partidas, contando a desta sexta-feira, com onze derrotas e quatro empates. Com essa vitória, o Tricolor chega a 40 pontos e sobe para a 10ª colocação do campeonato, a cinco pontos da zona da degola.

Giancarlo coloca o Tricolor à frente no placar

O Paraná não começou bem no jogo e dava espaço para o ASA jogar. Mas logo aos 9 minutos, Ricardinho cruzou para a área e Giancarlo desviou para o fundo das redes: 1 a 0 Tricolor. O gol deu uma tranquilizada ao time da casa, que aí passou a criar mais jogadas de ataque. A equipe nordestina, no entanto, também era perigosa lá na frente e quase empatou aos 18 minutos, em chute de Gustavo que Zé Carlos defendeu.

Aos 22 e aos 25 minutos, o Paraná desperdiçou duas boas oportunidades de ampliar o marcador. Aos 32, Zé Carlos se esticou todo para evitar o empate alagoano. O tempo passava e o jogo seguia equilibrado, mas o Tricolor se defendia bem e explorava os contra-ataques. Apesar de não apresentar um grande futebol, a equipe paranista foi para o intervalo vencendo o adversário por 1 a 0.

Mais um gol de Giancarlo e três pontos para o Tricolor

Logo no primeiro lance de perigo da etapa final, Reinaldo Alagoano recebeu e bateu na saída de Zé Carlos, que aceitou o gol de empate do ASA: 1 a 1, aos 7 minutos. Mal deu tempo da torcida tricolor lamentar o gol sofrido. Aos 9, Gleidson cruzou para a área e Giancarlo, de novo de cabeça, balançou as redes adversárias: 2 a 1 Paraná. Mesmo vencendo, a equipe da casa não era absoluta em campo, já que a partida seguia equilibrada.

Aos 21 minutos, um bom lance do time nordestino: Chiquinho Baiano soltou uma bomba e Zé Carlos fez boa defesa. Os minutos finais foram do Tricolor se segurando para não deixar a vitória escapar, enquanto o ASA foi em busca do empate. Até que, aos 47 minutos, Gleidson fechou o caixão do time nordestino: 3 a 1 Paraná, com dois gols de Giancarlo.