Um dos integrantes do quadrado mágico que encantou a torcida do Paraná em 2003, o lateral-esquerdo Fernandinho fez hoje, diante do Palmeiras, sua reestreia com a camisa tricolor. O jogador entrou no segundo tempo da derrota por 2 a 1 para o Porco, e na saída de campo, lamentou a derrota em casa.

“Nossa equipe é jovem, mas brigou de igual para igual com o Palmeiras. Às vezes falta cadenciar um pouco mais a bola, prender mais a bola. Mas a gente vai ter tempo agora para trabalhar antes do jogo de volta contra eles, até porque o Paranaense já começa semana que vem e vamos estar com mais ritmo de jogo para atuar na Arena Barueri”, afirmou o experiente Fernandinho, de 30 anos.

Outros jogadores paranistas também lamentaram a derrota, mas demonstraram confiança na classificação fora de casa, no dia 09 de maio, às 21h50, na Arena Barueri. “Lutamos bastante e buscamos o gol a todo instante. Ainda tem o jogo de volta e podemos reverter essa derrota”, resumiu o atacante Nilson. “Temos que trabalhar para corrigir as falhas que apresentamos”, completou o meia Luisinho.