Por Rodrigo Dornelles

Gostinho de derrota. O empate do Paraná diante do CRB fora de casa poderia ser visto como um ponto conquistado, mas o gostinho final foi de dois pontos deixados em Maceió. Com direito a um tempo jogando com um a mais e pênalti perdido, o Tricolor volta com um empate em 1 a 1 com a equipe alagoana.

Paraná ficou no empate com CRB. (Douglas Araújo)

Paraná ficou no empate com CRB. (Douglas Araújo)

Depois de um primeiro tempo equilibrado, na etapa final o CRB cresceu no jogo, mas foi o Paraná que teve a grande chance. Adalberto derrubou Robson na área e foi expulso, pênalti para o Tricolor. Robson cobrou e Juliano defendeu. Um minuto depois, Flávio Boaventura abre o placar. Aos 44 minutos, Robson se redime e deixa tudo igual.

Com 14 pontos ganhos, o Paraná sobe para o 12º lugar na classificação e se prepara para encarar o Joinville na próxima rodada, sábado (25), a partir das 16h, na Vila Capanema. Já o CRB cai para a quarta posição, com 19 pontos, e na próxima rodada recebe o Vasco, novamente no Rei Pelé, também no sábado, a partir de 16h30.

Jogo equilibrado e placar zerado

Partida equilibrada na primeira etapa em Maceió. Nenhuma das equipes conseguiu envolver o adversário para criar boas chances de gol. As oportunidades que surgiram foram mais em erros do adversário do quem em jogadas trabalhadas. O Tricolor chegou primeiro, com uma roubada de bola de Robson no ataque, toque para Lúcio Flávio, que arriscou de fora, para defesa do goleiro. A equipe paranista chegou em outra chance com Murilo, que arriscou de fora, o goleiro Juliano espalmou e Lúcio Flávio, no rebote, parou duas vezes no goleirão.

O time da casa tentava criar chances, mas sem conseguir abrir a defesa paranista. A boa oportunidade da equipe no primeiro tempo foi após escanteio. No desvio, a bola balançou a rede pelo lado de fora e parte da torcida chegou a comemorar. No finalzinho, o Paraná quase marcou em falta cobrada para a área, a bola passou por todo mundo e Lúcio Flávio quase conseguiu tocar nela para o gol, mas a pelota se perdeu pela linha de fundo.

Expulsão, pênalti perdido e gols no fim

Na etapa final o time da casa cresceu e foi para o ataque para buscar a vitória. Em duas oportunidades, o CRB quase abriu o placar, primeiro com um chute para fora, perto do gol, e outra com uma finalização de Matheus, de fora da área, para ótima defesa de Marcos.

E o goleiro Marcos começou a ganhar ainda mais destaque no jogo. Em jogada pela direita, a troca de passes e a bola rolada para trás, a finalização de dentro da área e Marcos fez grande defesa. O Tricolor teve a chance de abrir o placar quando Robson sofreu pênalti. O zagueiro Adalberto foi expulso no lance. Robson foi para a cobrança e Juliano defendeu. Um minuto depois, em falta levantada na área, Flávio Boaventura colocou na rede e fez o gol para o CRB. A noite paranista não terminou pior porque o próprio Robson se redimiu ao marcar o gol de empate, aos 44 minutos da etapa final, após boa jogada de Diego Tavares.

FICHA TÉCNICA
CRB 1×1 PARANÁ

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Data: 21 de junho 2016.
Horário: 19h15.

CRB: Juliano; Bocão, Adalberto, Flávio Boaventura e Diego; Olívio, Matheus, Luidy (Rodolfo) e Dakson (Éder); Lúcio Maranhão e Wellinton Júnior (Assisinho).
Técnico: Mazola Júnior.

Paraná: Marcos; Diego Tavares, Pitty, Alisson e Fernandes; Basso, Leandro Silva (Marcelinho), Murilo Rangel e Válber; Robson e Lúcio Flávio (Henrique).
Técnico: Marcelo Martelotte.

Cartões amarelos: Adalberto (CRB). Marcos (PRC).
Cartão vermelho: Adalberto (CRB).
Gol: Flávio Boaventura aos 34′ do segundo tempo (CRB). Robson aos 44′ do segundo tempo (PRC).