O Paraná voltou a vencer na Série B. Depois de 6 jogos sem conseguir uma vitória, o Tricolor fez 2 a 0 no Bragantino e espera uma sequencia de vitórias para poder voltar a pensar no G4. O Paraná chegou aos 31 pontos, na 12ª colocação

Aceso, Paraná faz dois na primeira etapa

Jogando em casa e precisando da vitória, o time do Paraná começou pressionando e teve uma ótima chance logo aos 30 segundos de jogo, mas Luisinho, na cara do gol, chutou por cima.

Na segunda chance que o atacante Tricolor teve, ele não perdoou. O lateral Wendell Borges fez uma ótima jogada pelo lado esquerdo e cruzou para Luisinho, sozinho, tocar para dentro do gol com tranquilidade.

O Bragantino também teve uma chance de gol, porém, o Tricolor contou com a sorte e a bola não entrou. Após a zaga Paranista afastar bola levantada, o meia Fernando Gabriel bateu de chapa, de primeira, e viu a redonda passar rente a trave.

Mas quem balançou as redes novamente na primeira etapa foi o Paraná. Em jogada ensaiada, Lúcio Flávio cobrou falta na cabeça de Alex Alves, que sozinho, cabeceou no canto para fazer o segundo gol, aos 34 minutos.

Segundo tempo nervoso, mas Tricolor vence

Com a vantagem no placar, o Paraná segurou a partida, que acabou se tornando um tanto quanto truncada. Com muitas faltas, o segundo tempo teve um festival de cartões.

Aos 19 minutos, o lateral-direito do Tricolor, Douglas Packer, parou um ataque do Bragantino com falta e acabou levando o segundo cartão amarelo, o que lhe causou um vermelho.

Poucos minutos depois, aos 26, o zagueiro Rafael Caldeira fez uma falta sem bola em Luisinho, mas o juiz se confundiu e deu o segundo cartão amarelo de Robertinho, que acabou expulso de campo com muita reclamaçã.

O atacante Luisinho infernizava a zaga do Paraná e acabou deixando Acleisson brabo, que xingou o jogador Paranista. No lance seguinte, sem bola, Luisinho deu uma cotovelada em Acleisson e foi expulso, deixando o Tricolor com 9 em campo.

No final do jogo, o Bragantino ainda teve uma ótima chance para diminuir o placar. Lincom, após cruzamento, cabeceou no travessão e no rebote, Tico, sem goleiro, jogou para fora.

Aos 45, o volante Acleisson, que havia se envolvido na confusão com Luisinho, acabou sendo expulso por reclamação.

O resultado de 2 a 0 fez o Paraná voltar a sonhar com uma possibilidade de chegar no G4 caso consiga uma sequencia de jogos. Com 31 pontos, o Tricolor se manteve na 12ª colocação e enfrenta o Guaratinguetá, na próxima terça-feira (11).

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 2 X 0 BRAGANTINO

Local Estádio Vila Capanema, em Curitiba (PR).
Data: 07 de setembro de 2012, sexta-feira.
Horário: 19h30.

Árbitro: Célio Amorim.
Assistentes:Neuza Ines Back e Josue GIlberto Lamim.

Paraná: Thiago Rodrigues; Douglas Packer, Anderson, Alex Alves e Wendell Borges (Alisson); Ricardo Conceição, Cambará, Fernandinho (Ângelo) e Lúcio Flávio; Luisinho e Arthur (Welington).
Técnico: Ricardinho.

Bragantino:Gilvan; Jefferson Feijão, Rafael Caldeira, Kadu e Léo Jaime; Acleisson, Glauber (Robertinho), Preto e Fernando Gabriel (Bruno Iotti); Cesinha (Tito) e Lincom.
Técnico: Vagner Benazzi.

Cartões amarelos: Acleisson, Fernando Gabriel, Kadu, Léo Jaime eRobertinho (BRA); Douglas Packer e Wendell Borges (PRC).
Cartões vermelhos: Acleisson eRobertinho (BRA); Luisinho eDouglas Packer (PRC).
Gols: Luisinho (PRC), aos 18 minutos e Alex Alves (PRC), aos 34 minutos do primeiro tempo.