Por Guilherme Coimbra

Wagner Lopes é o novo treinador do Tricolor (Irapitan Costa/Paraná Clube)

Buscando voos altos na temporada de 2017, o Paraná se reapresenta nesta segunda-feira (2), no CT Ninho da Gralha, para iniciar a pré-temporada. Primeiro clube a retomar os trabalhos, o Tricolor será também o primeiro paranaense a entrar em campo no ano, no dia 25, contra o Avaí, na Vila Capanema. As principais mudanças no clube até então foram no departamento de futebol.

Além do novo treinador, Wagner Lopes, o Paraná terá mais duas caras novas na parte de gerência. Trata-se do gestor de futebol Rodrigo Pastana, que veio do Guarani, e do ex-jogador paranista Tcheco, que assumirá a função de coordenador técnico.

Na parte do futebol, o clube conta até agora com quatro três reforços: o goleiro Léo, emprestado pelo São Paulo, e os laterais Júnior e Igor Cariús, vindos do ASA-AL. O meia Alex Santana, que estava no Guarani, está praticamente certo com o Tricolor, mas ainda não foi oficializado.

Em relação ao time do ano passado foram, ao todo, 18 saídas: os goleiros Wendell Péricles e Murilo, os zagueiros Pitty, Leandro Silva, João Paulo e Zé Roberto, os laterais Henrique Gelain e Lucas Taylor, os volantes Lucas Otávio e Wellington Reis, os meias Cristian e Nadson, e os atacantes Lúcio Flávio, Guilherme Queiroz, Henrique, Núbio Flávio, Fernando Karanga e Paulinho Peres.

O Paraná terá quatro semanas para trabalhar antes do início da temporada. O Tricolor estreia no dia 25 de janeiro, contra o Avaí, na Vila Capanema, em jogo válido pela Copa da Primeira Liga. Pelo Campeonato Paranaense, a primeira partida será no dia 29, também dentro de casa, contra o Foz do Iguaçu.