Valquir Aureliano
Para Guto de Melo, time precisa bater o ABC-RN para se afastar da zona de rebaixamento cada vez mais próxima

A derrota por 1 a 0 para o Barueri parece ter colocado um ponto final em quaisquer esperanças do Paraná Clube no acesso à Série A. A oito pontos do G4, o Tricolor despencou para a 14ª colocação e, a quatro rodadas do fim do campeonato, o objetivo claro é garantir a permanência na Segundona. Sem vencer um paulista sequer pelo campeonato nacional em 2011, o time da Vila se prepara para enfrentar o ABC-RN no Frasqueirão e, ainda que já não apresente o mesmo ânimo, precisa vencer para espantar qualquer proximidade com a zona de rebaixamento, distante cinco pontos.

“Temos que esquecer essa questão de acesso que, infelizmente, por alguns tropeços nossos não será possível. Temos que fugir logo dessa pressão aí do número mágico de pontos para permanecer na Série B”, afirmou o diretor de futebol do clube, Guto de Melo, à Banda B. Para ele, o time pecou principalmente nas partidas em casa, no fim do primeiro turno, quando ainda brigava pelas primeiras posições.“Erros bobos que determinaram resultados de jogos que não merecíamos perder”, completou.

Se por 14 rodadas o sonho de voltar à Primeira Divisão foi bastante real para a torcida, o dirigente se somou ao discurso de Guilherme Macuglia após a 13ª derrota do time e acredita que as possibilidades não existem mais. “Quando vai ficando distante, vai desanimando um pouco”, lamentou.

O Paraná enfrenta o ABC-RN, em Natal, neste terça-feira (8), às 20h30, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Tricolor é o 14º colocado com 45 pontos enquanto o time potiguar é o 13º, com 46.