Rogério Micale vê necessidade de reforços, mas apenas no ‘momento certo’ (Geraldo Bubniak/AGB/Estadão Conteúdo)

Com apenas uma semana de trabalho no clube, o técnico Rogério Micale realiza os últimos ajustes para a estreia no comando do Paraná, no próximo domingo (04), fora de casa, diante do Cianorte, pela Taça Caio Júnior. Implementando o seu estilo na equipe, o treinador destacou a boa resposta dos jogadores aos novos conceitos e espera que o mesmo aconteça dentro de campo.

“Eu estou há quatro dias no Paraná, estou criando uma ideia de elenco, tentando passar aquilo que acredito e vendo uma boa resposta de treinamento. Lógico que o Paraná, não apenas pela circunstância de momento, vai precisar se reforçar, como todos os clubes do Brasil. Claro que vai ter o momento certo. Nesse momento é oportunizar e acreditar nos nossos atletas também. É passar trabalho e a resposta precisa ser dada dentro de campo. Espero que no domingo já possamos dar resposta para o nosso torcedor”, ressaltou o treinador em entrevista coletiva. “Estou implantando conceitos e princípios de jogo que eu quero. Em cima desses conceitos, eu ainda estou avaliando”, acrescentou.

Precisando vencer para retomar a confiança e superar o início ruim da temporada, Rogério Micale espera conseguir organizar a equipe para alcançar os resultados. “Independente da competição, precisamos ganhar para recuperar a confiança. É horrível quando só tem resultado ruim. A desconfiança é generalizada, acontece coisas de fora para dentro e todo mundo aqui é pai de família. Quando as coisas não andam bem, a cobrança é muito forte. O importante é ganhar, voltar a vencer e nos organizamos em campo. Não vamos ganhar de qualquer jeito”, comentou.

Estreando distante da torcida e contra um adversário que segue disputando a Copa do Brasil, o comandante espera tirar vantagem de ter atletas descansados, mas projeta um compromisso difícil no interior paranaense. “Facilidade nunca vai existir. O Cianorte tem dois jogos dentro de uma semana e temos uma semana inteira de treinamentos. Porém, houve uma troca de treinador. A gente acredita que não terá nenhum tipo de prejuízo ao Cianorte. Claro que jogar uma vez na semana é melhor do que duas. Vai ser um jogo difícil, Cianorte ainda está na Copa do Brasil, mas acredito que eles sabem que as melhores chances deles são no estadual”, disse.

Com apenas uma vitória no estadual até o momento, o Paraná estreia no segundo turno neste domingo, às 16h, no Albino Turbay, em Cianorte, diante da equipe da casa, pela primeira rodada da Taça Dionísio Filho.

Confira a entrevista coletiva do técnico Rogério Micale: