Além de apresentar a coleção de novos uniformes para a sequência da temporada 2011, o Paraná aproveitou o evento realizado nesta segunda-feira, na sede da Kennedy, para anunciar algumas mudanças no plano de sócio-torcedor do clube, chamado de “SemPRe Torcedor”.

A partir de agora, os setores Reta do Relógio e Curva Norte passam a ser um só, chamado de Setor Popular, custando R$ 40 por mês. A Arquibancada Social custa R$ 60 e as Caderias Sociais R$ 100. A novidade é que mulheres pagam metade do preço do plano e crianças de até 12 anos não pagam para entrar na Vila Capanema.

Em todos os casos, a taxa de adesão do sócio-torcedor é de R$ 15,00. Os sócios-olímpicos também terão vantagem, tendo o direito de ir ao Setor Popular gratuitamente.