Ouça o áudio

Fábio Eduardo/Divulgação – Bragantino
Dois gols do Bragantino em um minuto e meio: falha na zaga deixa o time fora do G4

Um apagão da defesa, que levou dois gols em apenas um minuto e meio, impediu o Paraná Clube de voltar ao G4 no encerramento do primeiro turno. Lima foi o único marcar na derrota por 2 a 1 para o Bragantino, em Bragança Paulista. Se no primeiro tempo, o Tricolor foi soberano, na etapa completar foi vez do Bragantino se impor e se aproveitar da falta de velocidade do time paranense, que termina a primeira metade do campeonato na sétima colocação, com 28 pontos. Na próxima rodada, o Paraná recebe o Boa na Vila Capanema. (Ouça o gol do Paraná Clube na narração de Paulo Sérgio)

Com participação forte dos laterais, o Tricolor assumiu as rédeas da partida e foi mais eficiente nos primeiros 30 minutos de jogo. Hernane se movimentou bem e foi importante ao cavar faltas perigosas na entrada da área. Welington e Giancarlo foram os grandes nomes do ataque paranista, ao lado de Éder, do Bragantino, que em uma cobrança de escanteio perigosa viu a bola tocar no travessão antes de ser afastada.

A primeira etapa começou equilibrada, mas foi o Bragantino quem voltou mais empenhado a vencer no segundo. O Paraná já não apresentava a mesma velocidade e sofreu com os ataques certeiros do Braga: aos 14′ do segundo tempo, Romarinho subiu sozinho entre três zagueiros e abriu o placar. A bola mal voltou a rolar e Reinaldo arriscou de fora da área, em uma bola indefensável para o goleiro Zé Carlos.

Aos 28, Luís Carlos levou o segundo amarelo e foi expulso de campo. Com um a mais, o Paraná partiu pra cima e conseguiu descontar com Lima, que cobrou falta na medida e fez o único gol do Tricolor no jogo. A oitava derrota na Série B deixa o Paraná estagnado com 28 pontos, na sétima posição.