O Paraná terminou hoje a instalação das oito câmeras de segurança exigidas pelo Estatuto do Torcedor para aumentar o público da Vila Capanema, que hoje é liberada para apenas 9.999 torcedores.

A Polícia Militar foi até o estádio fazer uma vistoria para conferir se as câmeras foram instaladas corretamente, como manda o Estatuto, e assim autorizar acapacidade máxima da Vila Capanema. “Foi um sufoco instalar as câmeras em três dias, mas a felicidade é muito grande em saber que a Vila está liberada para 17 mil pessoas”, explicou o 2º vice-presidente do Tricolor, Luiz Carlos Casagrande.

“Nós nos doamos muito para conseguir instalar todas as câmeras durante os últimos dias, mas acabou dando tudo certo. O Paraná apenas está seguindo uma determinação do Estatuto do Torcedor, e após a vistoria da PM, a Vila Capanema voltará a receber grandes públicos”, afirmou José Biggon, representante daempresa que instalou as câmeras no local.

Sendo assim, o estádio paranista está apto a receber um público de 17.281 pessoas já a partir do jogo desta quarta-feira, contra o Ceará, a partir das 21h50, pela segunda fase da Copa do Brasil.