Por Esporte Banda B 

Claudinei Oliveira ficou apenas seis meses no Tricolor. (Monique Vilela/Banda B)

Claudinei Oliveira ficou apenas seis meses no Tricolor. (Monique Vilela/Banda B)

O Paraná está sem técnico! Após a goleada sofrida no último final de semana, o técnico Claudinei Oliveira não resistiu e foi demitido pela diretoria na tarde desta segunda-feira (13). Além dele, o gerente de futebol Beto Amorim também foi desligado e o superintendente de futebol Durval Lara Ribeiro, o Vavá, foi afastado.

Em nota publicada no site oficial, o presidente Leonardo Oliveira declarou que os resultados na Série B estão abaixo do esperado e afirmou que uma reformulação na diretoria era necessária. “O desempenho do nosso time neste Campeonato Brasileiro 2016 – 13º colocado, após oito rodadas – está muito aquém do esperado pela diretoria e pela torcida do Paraná Clube. Diante deste cenário, decidimos por uma alteração direta e efetiva no nosso departamento de futebol”, comentou.

Leonardo Oliveira ainda agradece o trabalho realizado pelo trio que não continuará mais no clube. “O Paraná Clube agradece o empenho e a luta do gerente de futebol Beto Amorim e do técnico Claudinei Oliveira, que conduziram o Tricolor nas disputas do Campeonato Paranaense, da Copa do Brasil e neste início de Brasileiro. Procuramos oferecer-lhes as melhores condições de trabalho, dentro da realidade econômica do clube. Profissionais em suas condutas, Beto e Claudinei saem, mas deixam as portas abertas com essa diretoria”, disse.

O novo executivo de futebol será apresentado na próxima quinta-feira (16) e será o responsável pela contratação de um novo treinador, além de mudanças no elenco profissional para o restante da Série B. “As medidas, aqui anunciadas, visam oxigenar o nosso departamento de futebol e assegurar uma retomada nos resultados que a torcida espera e merece”, afirmou o mandatário paranista.

Para o presidente, as mudanças servirão para recolocar o Paraná na elite do futebol brasileiro. “Sabemos da luta de todos para recolocarmos o Paraná Clube na Série A e esta diretoria seguirá não medindo esforços na busca por este objetivo. Restam pouco mais de cinco meses para o encerramento da temporada. Serão, até novembro, trinta jogos, trinta decisões”, finalizou.