Terminar o Campeonato Brasileiro da Série B em 13º lugar não era, nem de longe, o objetivo inicial do Paraná Clube no início de 2011. Com um ano tenebroso dentro de campo, o Tricolor só deve divulgar os planos para a próxima temporada após o dia 13, quando assume a nova diretoria presidida por Rubens Bohlen.

Preocupado com o calendário, já que vai disputar a Série Prata do Campeonato Paranaense, o Tricolor ainda não sabe o que vai ser do seu futuro em campo no ano que vem. O vice presidente do clube, Paulo César Silva, já afirmou que pretende buscar patrocínios para convencer os times da Segunda Divisão estadual, junto à Federação, e viabilizar o adiantamento da competição para janeiro ou fevereiro.

Irredutível, a Federação Paranaense não pretende alterar o calendário. Caso a decisão da instituição se confirme, o Tricolor só volta a campo em fevereiro, para a disputa da Copa do Brasil. “Meu compromisso é recolocar o Paraná na primeira divisão do Paranaense”, disse o dirigente. “Ainda vamos conversar com o presidente eleito (Rubens Bohlen) para dividir as funções da diretoria, mas eu gostaria de trabalhar com o grupo para o Campeonato Paranaense”, finalizou.