O Paraná venceu mais uma na Série B e chegou na 5ª colocação da competição, com quatro pontos de diferença para o quarto lugar. Com gols de Alex Alves e Arthur, o Paraná fez 2 a 0 no Boa Esporte e fez a festa na Vila Capanema. Na próxima terça-feira (10), o Tricolor enfrentará o próprio quarto colocado, o Vitória, no Barradão.

Superior, Paraná abre o placar

Buscando a aproximação do G-4, o Paraná começou com todo o gás na noite chuvosa de Curitiba, jogando em cima do adversário, porém, quem chegou mais perto da abrir o placar foi o Boa, aos 9 minutos, com Vanger.

Apenas um minuto depois, Lúcio Flávio quase fez a festa da torcida Paranista, mas o goleirão Zé Carlos, ex-jogador do Tricolor, fez boa defesa e impediu o gol.

Aos 26 minutos, Welington cobrou falta e a bola passou rente a trave após o desvio da barreira. No escanteio, o próprio Welington cruzou na cabeça de Alex Alves que testou para dentro do gol e abriu o marcador.

Após isso, o Boa apertou a marcação e conseguia segurar o Paraná no campo de defesa, mas achava dificuldades na hora de atacar.

Sem sustos, Paraná amplia e chega perto do G4

Com o mesmo time que entrou em campo na primeira etapa, o Paraná voltou e logo ampliou o placar. O Tricolor recisou de apenas 12 minutos no segundo tempo para ampliar o placar.

Guerreiro, o camisa 8 do Paraná, Luisinho, ganha na raça jogada pela direita, avança com velocidade e cruza para Arthur, que entrava na cara do gol para tocar para o fundo das redes e ampliar o placar.

Sem sustos, o Tricolor encerrou a partida com o placar de 2 a 0 e garantiu a 5ª colocação na Série B do Campeonato Brasileiro, ficando à 4 pontos do quarto lugar da competição.

Na terça-feira (10), o Paraná enfrenta o Vitória, 4º colocado da Série B, no Barradão.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 2 X 0 BOA ESPORTE

Local: Estádio Vila Capanema, em Curitiba (PR).
Data: 07/07/2012, sábado.
Horário: 21h00 de Brasília.

Paraná: Luís Carlos; Paulo Henrique, Alex Alves, Anderson e Fernandinho; Cambará (Alisson), Welington, Luisinho (Wendel Borges) e Lúcio Flávio; Wendel (Lucas Souza) e Arthur.
Técnico: Ricardinho.

Boa Esporte:Zé Carlos; Luís Felipe (Petros), Gabriel, Neylor e Radar; Claudinei, Everton (Higo), Francismar e Radamés; Vanger e Marcelo Macedo (Jonatas Obina).
Técnico: Sidney Moraes.

Cartões amarelos: Paulo Henrique e Luisinho (PRC); Radar, Claudinei, Radamés, Neylor e Everton.
Gols: Alex Alves (PRC), aos 27 minutos do primeiro tempo. Arthur (PRC), aos 12 minutos do segundo tempo.