Por João Pedro Alves

Quis o destino que o Paraná Clube estreasse nesta edição da Copa do Brasil justamente contra um velho conhecido. Mas que não traz boas lembranças ao torcedor paranista. A partir das 19h30 desta quinta-feira (20), no estádio Primeiro de Maio, o Tricolor inicia sua trajetória na competição nacional diante do São Bernardo, reeditando o confronto que fizeram em 2013 também na primeira fase e que terminou com a classificação da equipe do ABC Paulista.

Na edição passada da Copa do Brasil, os dois times também começaram a decidir a vaga para a fase seguinte na Grande São Paulo e a partida terminou empatada em 1 a 1. Resultado que levou a disputa para o jogo da volta, em Curitiba. Mesmo em casa, o Paraná não teve uma jornada feliz e acabou eliminado precocemente do torneio ao ser derrotado por 3 a 2 em plena Vila Capanema.

(Foto: Monique Vilela/Banda B)

Paraná espera dar sequência à boa fase no estadual diante do algoz na Copa do Brasil (Foto: Monique Vilela/Banda B)

A expectativa Tricolor para o reencontro é reverter esse histórico nada favorável e evitar que o Tigre do ABC seja, mais uma vez, seu algoz. Para isso, voltar de São Bernardo do Campo com a vitória pode não ser o suficiente. Para não dar sorte para o azar, o objetivo é vencer por pelo menos dois gols de diferença para já garantir a vaga sem a necessidade de um segundo confronto.

Um alento para os paranistas é que a equipe vem de uma sequência expressiva de oito jogos sem derrota no Campeonato Paranaense. No entanto, aquela formação base que vem atuando no estadual será alterada e é um Paraná bem diferente que encara o Bernô.

As mudanças são necessárias porque o técnico Milton Mendes tem um total de quatro desfalques para esta noite. São os casos de Paulinho Oliveira e Fernando Gabriel, vetados pelo departamento médico; do capitão Lúcio Flávio, poupado pela comissão técnica; além do meia-atacante Paulinho, afastado do elenco por um ato de indisciplina.

Com essa série de baixas, a principal mudança foi o deslocamento do lateral Roniery para o ataque – assim, Toty volta a vestir a camisa 2. Além dessa alteração, também ganharam vaga entre os titulares o volante Ricardo Conceição e o meia Júlio César.

Desta forma, o Paraná tenta largar de forma positiva na Copa do Brasil escalado com Marcos; Toty, Brinner, Naylhor e Breno Lopes; Cambará, Elton, Ricardo Conceição Júlio César; Roniery e Giancarlo.

FICHA TÉCNICA
SÃO BERNARDO X PARANÁ CLUBE

Local: Estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo (SP).
Data: 20 de março de 2014, quinta-feira.
Horário: 19h30.

São Bernardo: Wilson Júnior; Rafael Cruz, Fernando Lombardi, Luciano Castan e Eduardo; Dudu Lima, Marino, Edson Felipe e Jean Carlos (Erick Flores); Gil e Careca.
Técnico: Edson Boaro.

Paraná: Marcos; Toty, Brinner, Naylhor e Breno Lopes; Cambará, Elton, Ricardo Conceição e Roniery; Júlio César e Giancarlo.
Técnico: Milton Mendes.