Apesar do técnico Ricardo Pinto não ter considerado um resultado ruim, os jogadores do Paraná não saíram de campo felizes com o empate em 1 a 1 com a Portuguesa, na Vila Capanema. Para o volante Anderson, o empate em casa é como se tivesse sido uma derrota.

“A gente vai ver na frente do campeonato se o empate foi bom ou ruim. Mas saímos com um gostinho de derrota por aquilo que fizemos em campo. Nós erramos, mas eles erraram também, e a tendência é que a cada jogo nós possamos melhorar”, disse Anderson.

É o que pensa também o atacante Kelvin, destaque do jogo de ontem: “Infelizmente tivemos um jogador expulso também, poderíamos ter a vantagem de um homem a mais, mas isto não é desculpa. Aconteceu e temos que trabalhar firme, já pensando no próximo adversário”.