Sérgio Malucelli disparou contra Atlético e Paraná. (Gustavo Oliveira/Londrina)

O gestor do Londrina, Sérgio Malucelli, disparou contra Atlético e Paraná logo após a derrota de sua equipe na final da Taça Caio Júnior, o segundo turno do Campeonato Paranaense. Além disso, também criticou a ausência de comentários sobre o gol de José Ivaldo que garantiu a vitória atleticana por 1 a 0.

“Porque [sic] a imprensa não comenta o lance do gol de impedido, se fosse do Londrina estariam falando um monte. A imagem não deixa dúvidas. Que vergonha… pobre futebol paranaense”, disparou o dirigente.

Malucelli usou trecho de vídeos publicados por torcedores para seguir com sua crítica em relação ao gol do Atlético. “As imagens explicam mais que palavras. O bandeira não marcou impedimento, duplo, porque não quis, estava na mesma linha do lance. VERGONHA”, disse.

O dirigente ainda seguiu com as críticas, desta vez com o Paraná. Malucelli alega que o Tricolor deu calote em relação a bilheteria do jogo da semifinal. “Um rouba no jogo o outro, parana, da calote na renda. Este foi o saldo destes 2 jogos na capital. Paraná Clube não pagou nem a parte da renda que cabe ao LONDRINA”, complementou.

Segundo com o regulamento do Campeonato Paranaense, “a renda líquida final de todas as partidas da semifinal e final da Primeira Taça e da Segunda Taça, será distribuída na proporção de 60% (sessenta por cento) para o ganhador e 40% (quarenta por cento) para o perdedor”.

Porque a imprensa nao comenta o lance do gol impedido, se fosse do Londrina estariam falando um monte. A imagem nao deixa duvidas. Que vergonha. . .pobre futebol paranaense. Um rouba no jogo o outro, parana, da calote na renda. Este foi o saldo destes 2 jogos na capital, parana clube nao pagou nem a parte da renda que cabe ao LONDRINA, e no outro jogo esta foto mostra tudo.

Uma publicação compartilhada por Sergio Luiz (@sergiomalucelli) em