Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dalke

O Campeonato Paranaense começa no próximo sábado (28) e contará com 12 equipes na disputa pelo título regional. Na expectativa de superar a força da capital e surpreender, o JMalucelli e as outras oito equipes do interior participantes do torneio driblam as dificuldades da desvalorização e problemas financeiros para disputar o Estadual. Nesta semana que antecede o início da competição, a Banda B faz um especial com os presidentes e treinadores dos nove clubes para falar da expectativa de cada um para a edição de 2017.

Financeiramente saudável, JMalucelli quer ser ainda mais forte em 2017

JMalucelli busca repetir boas campanhas dos últimos anos (Geraldo Bubniak/FutebolParanaense.Net)

Vindo de boas campanhas nos últimos anos, o JMalucelli tem se tornado uma das grandes forças do Campeonato Paranaense. Mais confortável financeiramente em relação aos clubes do interior, o presidente Joel Malucelli vê o time ainda mais forte em 2017, mas com preocupação em relação ao cenário atual do futebol paranaense.

Profissionalmente, tecnicamente, o Jotinha vai ser muito forte, como tem sido nos outros anos. Mas o fato profundamente lamentável é que o futebol paranaense entrou numa situação preocupante, pois está ficando muito aquém do potencial em termos de reconhecimento. Se não tivermos uma união forte dos clubes e da federação, no próximo ano talvez tenhamos até menos times disputando em virtude da questão financeira”, declarou Joel Malucelli.

O mandatário do Jotinha frisou a evolução no clube em relação ao último ano, mas teme o que o futuro reserva para os participantes do Campeonato Paranaense. “Na teoria do futebol, o que nós aprendemos com o passar do tempo é que você tem que ficar com bons jogadores e dispensar os que não te ajudaram. E com isso, ano após ano, se monta uma equipe competitiva. Mas é difícil sustentar essa tese num clube pequeno com o nosso”, afirmou. “Vocês vão observar pouco a pouco que o Jotinha deste ano será um pouco superior ao do ano passado. Nós conseguimos manter nossos jogadores principais e aprimoramos o conjunto. Certamente o nosso time será muito competitivo. Mas o que me faz temer é o futuro”, concluiu.

O JMalucelli estreia no Paranaense no próximo sábado (28), às 17h, contra o Cascavel, no Eco Estádio Janguito Malucelli.

Querendo brigar na parte de cima, Rio Branco usa Estradinha para driblar dificuldades financeiras

Rio Branco espera brigar na parte de cima da tabela (Geraldo Bubniak/FutebolParanaense.Net)

Com um elenco reforçado, a expectativa é de um ano diferente para o Rio Branco. Vindo de campanhas abaixo da média nos últimos anos, quando lutou contra o rebaixamento no Estadual, o presidente Thiago Campos conta com o retorno à Estradinha para brigar na parte de cima da tabela.

Nossa expectativa é muito boa. Estamos formando uma equipe muito forte para esse campeonato, mesclando juventude com experiência. Esperamos disputar na parte de cima da tabela, é isso que estamos programando para esse ano”, enfatizou o presidente. “Após 10 anos voltaremos a mandar nossos jogos na nossa casa, que é a Estradinha. Tenho certeza que isso também será uma grande diferença no campeonato, juntamente com uma equipe forte e competitiva, dentro da realidade financeira do clube”, completou.

O presidente do Leão da Estradinha criticou a desvalorização do esporte no Paraná e destacou as estratégias para driblar as dificuldades financeiras “A dificuldade é gigantesca. A cota da televisão está em um valor quase que absurdo. Eu discordo muito com a devalorização do futebol paranaense. O nosso campeonato poderia ser mais valorizado e mais forte, mas infelizmente recebemos menos que um terço do que recebe o Rio Grande do Sul, por exemplo, em cotas de televisão”, ressaltou. “Estamos lutando para isso. A Estradinha tem sido a nossa grande estratégia em Paranaguá, sendo determinante para que consigamos parceiros locais e que possamos buscar parceiros a nível do estadual para podermos tocar o campeonato”, finalizou.

O Rio Branco estreia no Estadual no domingo (23), às 17h, contra o atual campeão Atlético, na Estradinha.