Por Pedro Melo com informações de Guilherme Coimbra

Getterson foi artilheiro do Jotinha no último Campeonato Paranaense (Geraldo Bubniak/FutebolParanaense.net)

O atacante Getterson é o grande nome do JMalucelli para a disputa do Campeonato Paranaense 2017. Vice-artilheiro da equipe na última edição do Estadual, com cinco gols, o jogador está de volta ao clube que lhe deu a grande oportunidade na carreira e agora quer aparecer novamente para os clubes do futebol brasileiro e também internacional. Deixando de lado a polêmica vivida na temporada passada, o atleta está focado em mais um ano no Eco Estádio e espera colaborar com a experiência para os jogadores que subiram recentemente ao profissional.

Depois de ser um dos destaques da equipe do Barigui no Campeonato Paranaense do ano passado, o atacante viveu uma situação atípica, quando acertou o seu empréstimo para o São Paulo, mas sequer entrou em campo. Horas depois de ser oficializado no Tricolor paulista, o jogador foi dispensado depois que torcedores encontraram publicações antigas no seu Twitter pessoal chamando o clube de “bambi”.

Depois, Getterson jogou no FC Dallas e ganhou dois títulos. Novamente no Jotinha, o atacante deixa a polêmica do São Paulo e as conquistas para trás e foca apenas no Campeonato Paranaense. “Aprendizado foi positivo. Serve de aprendizado também para os mais jovens não cometerem o mesmo erro que cometi. Agora é passado e estou focado no JMalucelli para fazer um bom campeonato”, declarou.

Getterson chamou a atenção do São Paulo justamente após o bom desempenho no estadual e quer novamente se destacar para ter novas oportunidades em clubes maiores do futebol brasileiro ou até internacional. “O pensamento é no JMalucelli e estamos focados para ter novas oportunidades, seja no Brasil ou fora, quem sabe”, comentou.

Com um elenco com vários jogadores vindos das categorias de base, o atacante afirmou que sua experiência pode ajudar os garotos a não repetirem os mesmos erros que cometeu no início da carreira. “Subiu uns quatro ou cinco jogadores das categorias de base e procuro ajudar o máximo esses garotos para que não cometer os mesmos erros que cometi”, concluiu.