Por Rodrigo Dornelles com informações de Osmar Antônio

O Coritiba define sua vida na Copa Sul-Americana nesta quinta-feira (1), no Couto Pereira. Após a derrota no jogo de ida diante do Vitória, por 2 a 1, a equipe recebe o Rubro-negro baiano no Couto Pereira em um horário incomum. A bola rola no Alto da Glória a partir das 17h. O goleiro Wilson pede o apoio da torcida no Couto, mas alerta para que ninguém se prejudique no emprego para estar ao lado do Coxa.

Já projetando um público prejudicado pelo horário da partida, o goleiro coxa-branca destaca a importância de ter o torcedor na arquibancada no jogo decisivo. “A gente sabe que será prejudicado o público, mas quem puder ir será importante nessa classificação”, ressaltou Wilson. “A gente quer que o torcedor vá, mas que não se prejudique no trabalho, não vá perder o emprego”, brincou o goleiro.

WILSON dentro

Wilson destaca importância de classificação na Sul-Americana. (Divulgação/ Coritiba)

Para conquistar a classificação, Wilson tira lições da partida de ida, quando o Verdão colecionou chances perdidas na primeira etapa, saiu na frente, mas tomou a virada em um segundo tempo ruim. “A gente poderia ter definido a classificação pelas chances que desperdiçou e no segundo tempo a equipe acabou recuando muito, diminuindo o ritmo e tomando a virada, então temos que tirar de lição, manter uma regularidade durante toda partida. Não jogar um tempo e outro deixar cair o ritmo que a gente pode acabar sendo surpreendido e deixando uma classificação importante como essa escapar por um vacilo como esse”, comentou o jogador.

Se aprender as lições do jogo de ida será importante para garantir a classificação, Wilson também coloca a segurança defensiva como ponto determinante dentro do confronto. “Acredito que a defesa, apesar de algumas falhas em alguns momentos, têm se mostrado bem durante as partidas. A gente conseguiu, contra o São Paulo, segurar bem a pressão, toda dificuldade de jogar lá, uma equipe que precisava da vitória, se jogou para cima. Esse jogo contra o Vitória tem que ser dessa mesma maneira, jogo de mata-mata, não tomar gol é importante, então a gente procurar manter isso para conseguir a classificação”, analisou o atleta.

Classificação diante do Vitória significa ao Coxa uma viagem para a Argentina, já que avançando encara o vencedor do duelo entre Estudiantes e Belgrano. Estar nessa fase internacional é importante na visão do goleiro. “Importante classificar, chegar a uma fase internacional de uma competição como essa. A gente sabe como é ruim sair no início de uma competição, vimos contra o Juventude como a desconfiança aumenta, a cobrança aumenta. Então é importante classificar para aumentar a confiança do grupo para a sequência do ano”, projetou Wilson.

Desfalque contra o São Paulo, no Morumbi na última rodada do Brasileirão, o atacante Kléber segue sendo dúvida para o jogo. Ele lesionou o pé justamente na partida de ida contra o Vitória, e Wilson garante que no que depender do atacante, ele estará em campo. “O Kléber a gente já conhece, no que depender dele vai no sacrifício, como já foi outras vezes. Muitos vão, na nossa profissão é assim. Ele está fazendo de tudo, se empenhando na recuperação e tenho certeza que se ele tiver condição, mesmo com alguma dor ele vai estar em campo para nos ajudar”, comentou o goleiro coxa-branca.