Por João Pedro Alves

Com uma semana de trabalho no CT da Graciosa, o técnico Celso Roth já tem em mente o Coritiba que entra em campo na quarta-feira (16) contra o Cene-MS, no estádio Couto Pereira, em busca da classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. Algumas baixas como o meia Alex atrapalham a montagem do time, mas o gaúcho tem a possibilidade de contar com alguns reforços e deve confirmar a escalação com três novidades.

As mudanças de Roth começam já pela defesa, com o retorno de Leandro Almeida ao time após um mês e meio se recuperando de uma lesão na coxa. O defensor volta a formar a dupla de zaga com Luccas Claro, a considerada ideal no Alto da Glória, mas isso não representa necessariamente que o até então titular Chico perca seu lugar no onze inicial alviverde.

Baraka tem treinado com o time de colete e deve estrear contra o Cene (Foto: Divulgação/Coritiba)

Baraka tem treinado com o time de colete e deve estrear contra o Cene (Foto: Divulgação/Coritiba)

Como não poderá contar com os lesionados Germano e Alex, o treinador coxa-branca vem esboçando uma formação com um meio-campo bem diferente daquele que disputou o Paranaense. É aí que o polivalente Chico entra, já que  está sendo testado como um volante ao lado de Gil. Outro que tem presença garantida é Robinho, um dos responsáveis pela armação das jogadas.

O setor ainda ainda conta com duas caras novas. Na contenção, esse posto é ocupado pelo volante Baraka, anunciado recentemente pela diretoria. O papel de servir o “solitário” Roni no ataque é de Diogo Sodré, que após dois meses de clube deve debutar com a camisa alviverde como substituto do craque Alex.

Pelos ensaios que vêm sendo feitos, o provável Coritiba é formado por Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Leandro Almeida e Diogo; Chico, Gil, Baraka, Robinho e Diogo Sodré; Roni.

Com o empate em 2 a 2 da primeira partida, realizada em Campo Grande, o Coxa tem a vantagem de poder empatar em 0 a 0 ou 1 a 1 para se classificar para a segunda fase da Copa do Brasil. Caso o placar do jogo de ida se repita, a decisão vai para os pênaltis.