Jogador mais experiente do elenco alviverde, o meia Tcheco já disputou inúmeros Atletibas ao longo de sua carreira, e exatamente por isso, sabe a dificuldade de jogar esse clássico e garante que não há favorito para o jogo deste domingo, às 16h, no Couto Pereira, valendo o título do Campeonato Paranaense.

“Eu discordo de quem diz que o Coritiba tem uma grande vantagem. Porque o campeonato está totalmente aberto. A única vantagem que o Coritiba tem é jogar diante do seu torcedor. Assim como o Atlético teve na primeira partida”, afirmou o meia, que deve ser titular da equipe coxa-branca na segunda partida da final do estadual.

Tcheco, aliás, aponta que o empate no primeiro Atletiba deixa a disputa ainda mais aberta para o jogo de volta. “Uma vitória simples declara o campeão. Tanto o Atlético quanto o Coritiba vão fazer uma final digna, sem favoritismo nenhum. Até porque se eles forem campeões terão o mesmo gostinho que nós tivemos ano passado, sendo campeões na casa do rival. É o que a gente menos quer”, completou.

Prestes a se aposentar dos gramados, o meia espera fechar essa edição do Paranaense com o tricampeonato para o Coritiba, algo que não acontece há quase 40 anos. “Espero que eu que termine erguendo o troféu e fechando com chave de outro um campeonato que nós estamos atrás há muito tempo, que é o tri”, finalizou Tcheco.