Divulgação/Coritiba
Noite inspirada: Fred marcou os três gols da vitória do Fluminense, o primeiro de bicicleta, mesmo depois de perder pênalti

Valente nos primeiros minutos, o Coritiba dava pinta de que tiraria o pijama e conquistaria a sua terceira vitória longe do Couto Pereira. Mas a ilusão durou pouco. Com três gols de Fred, o Fluminense bateu o Alviverde por 3 a 1, em noite pouco inspirada da criação coxa-branca, devolvendo o placar conquistado pelo Coxa, no primeiro turno. Vanderlei chegou a defender uma penalidade cobrada pelo atacante, mas nem isso animou o time, que volta do Rio de Janeiro com 40 pontos, em décimo lugar na tabela e a oito do G4. Na próxima rodada, o Coritiba recebe o Bahia no Couto Pereira.

Pressão e cochilo alviverdes

No ataque, o Coritiba começou infernizando a defesa do Fluminense. Postura que colocou o time, pelo menos nos dez primeiros minutos de partida, no domínio das ações de jogo no Engenhão. Depois de parar nas defesas de Diego Cavalieri, porém, o Alviverde diminuiu o ritmo e foi o Tricolor carioca quem se destacou. A volta de Rafinha deu nova dinâmica ao meio campo, mas sem ter a bola nos pés, o ataque composto por Marcos Aurélio e Bill pouco fez na etapa inicial.

Até que aos 24 minutos, Fred recebeu de Mariano, matou no peito e, de bicicleta, abriu o placar em um golaço. O Verdão sentiu o gol e, desconcentrado em campo, se fechou e não conseguiu sair da marcação empregada pelo time de Abel Braga. Insistente, o Coritiba chegou ao gol aos 46: após uma atuação modesta no primeiro tempo, Marcos Aurélio cobrou falta e mandou no canto do gol pra empatar.

Fred perde pênalti, mas se redime

O segundo tempo reservou grandes emoções ao torcedor do Coxa desde os minutos iniciais. A bola mal tinha rolado quando Fred caiu na área e o árbitro assinalou um pênalti duvidoso. Na cobrança, o atacante foi parado pela segunda defesa de penalidade feita por Vanderlei no Brasileirão 2011. O estímulo para subir e agredir o time carioca no ataque estava dado, mas com o lado direito praticamente nulo, o Coritiba encontrou dificuldades para chegar com perigo ao gol de Diego Cavalieri.

Quando a pressão mudou de lado e quem sentiu a oportunidade perdida foi o Flu, o Coxa não soube aproveitar. Apático na criação, o Alviverde acabou chamando o time carioca pro ataque e Fred não decepcionou. Marcado de perto por Jonas, que não executou bem a função de anular o dianteiro, Fred marcou dois gols em apenas três minutos: primeiro em novo cruzamento de Mariano, o jogador bateu na saída de Vanderlei e recolocou o Fluminense na frente, Pouco depois, aos 30, Rafael Sóbis levantou e o atacante da Seleção Brasileira subiu mais alto que a defesa para fechar a conta e sacramentar a derrota do Coxa.

Com o resultado, o Coxa perde a oportunidade de se aproximar do grupo de classificação à Libertadores e se mantém em décimo lugar, com 40 pontos. Já o Fluminense, com 47, assume a sexta colocação do campeonato.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 3 X 1 CORITIBA

Local: João Havelange
Data: 13/10/2011
Horário: 20h30
Árbitro: Célio Amorim/ SC (FIFA)
Assistentes: Claudemir Maffessoni/ SC (CBF) e Helton Nunes/ SC

Coritiba: Vanderlei; Jonas, Jeci, Emerson e Lucas Mendes (Leonardo); Willian, Léo Gago, Tcheco (Everton Costa), Rafinha e Marcos Aurélio (Davi); Bill.Técnico: Marcelo Oliveira

Fluminense: Diogo Cavalieri, Mariano, Digão (Elivélton), Márcio Rosário, Carlinhos, Diogo (Lanzini), Edinho, Deco, Marquinho, Rafael Sobis (Fernando Bob) e Fred.Técnico: Abrel Braga

Cartões Amarelos: Edinho (Fluminense), Rafinha (Coritiba), Deco (Fluminense), Jonas (Coritiba), Willian (Coritiba)

Gols: Fred (Fluminense), aos 24′ do 1º tempo; Marcos Aurélio (Coritiba), aos 46′ do 1º tempo; Fred (Fluminense),aos 27′ do 2º tempo; Fred (Fluminense), aos 30′ do 2º tempo.

Público total: 11.153
Público pagante: 8.832
Renda: R$142.000,00