Exatamente três meses depois da final da Copa do Brasil, Coritiba e Vasco voltam a se encontrar nesta quinta-feira, a partir das 20h30, em São Januário. Como a equipe cruzmaltina acabou vencendo a competição nacional, os jogadores cariocas esperam um Verdão ainda mais motivado, mas sem clima de revanche.

“No momento, o Coritiba será diferente daquele da final da Copa do Brasil. Eles vêm de uma grande vitória sobre o Corinthians, mas com uma equipe modificada. Não acredito em revanche, mas é preciso ter atenção e cuidado redobrado, pois se trata de um time com bons jogadores”, disse o técnico interino Cristovão Borges.

Para o Vasco, a partida desta noite é de suma importância para que a equipe se aproxime da liderança do Campeonato Brasileiro. Se quiser assumir hoje ainda a ponta da competição, o time carioca precisa vencer o Coritiba por cinco gols de diferença e ainda torcer para um tropeço do Corinthians diante do Flamengo. Missão complicada, mas os três pontos já seriam suficientes para que o Vasco crescesse na tabela de classificação.

O técnico interino ainda não confirmou a escalação oficial do Vasco, o que só deve acontecer momentos antes do início da partida. O lateral esquerdo Julinho está aprimorando a parte física e não enfrenta o Coritiba. Outro desfalque cruzmaltino é o atacante Alecsandro, carrasco alviverde na Copa do Brasil e que está com um estiramento na coxa esquerda. O camisa 9 só deve voltar a jogar daqui aproximadamente uma semana.

O provável time do Vasco será: Fernando Prass; Fagner, Dedé, Renato Silva e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa, Juninho e Diego Souza; Éder Luis e Elton.