Sandro Forner confia na reversão do placar. (Divulgação/Coritiba)

O técnico Sandro Forner lamentou a derrota do Coritiba para o Goiás por 1 a 0, mas destacou que a equipe tem totais condições de reverter a desvantagem e seguir na Copa do Brasil. A partida de volta acontece apenas em 14 de março, no estádio Couto Pereira.

“Nós até defendemos bem no primeiro tempo, mas ficamos muito passivos e tivemos erros técnicos. Embora o Goiás não tivesse muitas oportunidades, ficou volume grande de cruzamentos e ficou perigoso. Já no segundo tempo, tinha uma proposta de adiantar pouco mais, mas levamos o gol muito rápido. Depois que sofremos o gol, poderíamos ter empatado. Está aberto [o confronto] para Curitiba”, explicou o treinador coxa-branca.

Após o gol do Goiás, o Coritiba teve duas chances de empatar e a principal delas foi com Guilherme Parede de frente para o gol. O comandante ressaltou que o ‘volume de jogo’ do time foi melhor, mas faltou acertar o passe na última parte do campo. “Jogo de poucas oportunidades. O Guilherme não queria errar o gol, tirou um pouco demais e se a gente empatasse o jogo, poderia até ter conquistado a vitória. Só quem está ali acaba errando. Tivemos a cabeçada do Léo [Andrade] também. Nosso volume de jogo foi melhor que o do Goiás, poderíamos ter aproveitado melhor o último terço. O importante é que em Curitiba temos possibilidades de reverter”, disse.

Em meio a maratona de jogos, Forner negou que o Coritiba entrou em campo para jogar apenas pelo empate. “O Goiás estava bem no começo, conseguiu controlar bem o jogo. Tivemos duas, três oportunidades que poderíamos ter chegado com boa qualidade, mas não conseguimos fazer isso. Não foi a estratégia, mas o Goiás jogou melhor e nós nos defendemos bem. No segundo tempo, o Goiás também cansou na partida e nós tivemos oportunidades para empatar o jogo”, comentou.

Assista a entrevista do técnico Sandro Forner:

Entrevista do técnico Sandro Forner após a derrota por 1 x 0 para o Goiás.

Posted by Portal Banda B on Wednesday, February 28, 2018