Sandro Forner ainda não definiu a escalação do Coritiba. (Reprodução/Banda B)

O técnico Sandro Forner faz mistério na escalação do Coritiba para a segunda partida da final do Campeonato Paranaense, contra o Atlético, no domingo (08), às 16h, na Arena da Baixada. A principal novidade pode ser o retorno do atacante Kleber, que fez apenas cinco partidas na temporada.

Entretanto, o treinador coxa-branca deve aguardar até os instantes finais para aguardar o condicionamento físico de Kleber. O ‘Gladiador’ foi titular durante o treinamento desta sexta-feira (06). “Essa questão do mistério do time é como eu penso também sobre a motivação. Pelo tempo que tem que jogar, talvez não seja uma coisa relevante. Por isso, eu não escondo o time. Só não vou revelar o time hoje [sexta-feira] porque ainda temos algumas dúvidas de questões físicas. Só por isso não vou revelar o time, mas a maioria jogou no domingo”, esclareceu.

Forner ainda comentou que a possível saída de Kleber não interfere em sua escalação. “Se ele vai sair, ou não, é uma questão da diretoria. Ele é um funcionário do clube, entendo o lado do jogador, mas as questões contratuais dependem da diretoria. Se eles falarem A ou B, é uma decisão que foge da minha alçada. E se ele estará motivado, é mais uma questão particular dele do que minha”, comentou.

A provável escalação do Coritiba para a decisão tem Wilson; Marcos Moser, Romércio, Thalisson Kelven e Léo Andrade; João Paulo; Julio Rusch, Matheus Galdezani, Thiago Lopes e Pablo; Kleber (Evandro).

Estreia em decisão no profissional

Sandro Forner vive a primeira final como técnico de time profissional e já encara o maior rival pela frente. Ele explicou como é sua rotina durante a semana no CT da Graciosa e ressaltou que a análise sobre o seu trabalho dependerá do resultado na Arena da Baixada. “Todo treinador tem uma rotina. Ela não é apenas o treinamento, é apenas uma parte. Tem pensamento no planejamento da semana, dos treinamentos, estratégia, assistir aos treinos para ver o que deu certo e errado. Os dias são sempre cheios”, comentou.

“O resultado sempre é importante. Como o que fica é o resultado, lógico que é importantíssimo ganhar. É o jogo final, essa análise será em cima desse resultado e nós sabemos disso. Se perde o jogo, vão falar que o Sandro é retranqueiro e covarde. Mas se ganhar, vão falar que a estratégia deu certo”, finalizou o comandante alviverde.

Assista a entrevista do técnico Sandro Forner:

Sandro Forner

Posted by Portal Banda B on Friday, April 6, 2018